Artigos Relacionados

CRA da Ipiranga que pode alcançar R$ 900,0 milhões tem classificação de risco divulgada

A agência Moody’s atribuiu classificação de risco a uma emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) da VERT que pode alcançar a cifra de R$ 900,0 milhões. Os CRA em questão correspondem às 1ª e 2ª séries da 20ª emissão da securitizadora VERT e foram classificados com ‘Aaa’. O elevado montante seria resultado da soma do que pode vir a ser emitido nas duas séries. De acordo com documentos da operação a emissão ocorrerá em 15 de dezembro.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Fitch classifica emissão de CRA que pode superar R$ 400,0 milhões

Ontem, dia 10 de setembro de 2018, a agência Fitch Ratings divulgou a classificação de risco preliminar ‘AA’ atribuída à 1ª e à 2ª séries da 18ª emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) da Vert Companhia Securitizadora. Na ação, a agência levou em consideração um montante inicial de R$ 300,0 milhões para a emissão, sendo que este poderia ainda alcançar a marca de R$ 405,0 milhões, o que faria desta uma das maiores emissões de CRA no ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Vórtx assume a ponta dos Rankings Uqbar de Agentes Fiduciários de CRA

Após um ano de 2017 com aumento de quase 30,0% do número de operações de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) realizadas e de redução de aproximadamente 5,0% do montante emitido, o mercado de agente fiduciário de operações de CRA também sofreu mudanças quando comparado com o cenário percebido em anos anteriores. A Vórtx, empresa que estreou no mercado em 2016, expandiu consideravelmente sua atuação no segmento de CRA e encerrou o último ano na liderança do Ranking Uqbar, tanto por número de operações quanto por montante emitido.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

EcoSec lidera de forma isolada os rankings de CRA do primeiro semestre de 2017

Ao fim do primeiro semestre de 2017, o mercado primário de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) se encontra muito próximo de ultrapassar a marca dos R$ 6,00 bilhões em emissões. Mais precisamente, nos seis primeiros meses do ano foi observado um montante emitido de R$ 5,93 bilhões, marca alcançada através de 21 operações realizadas no mercado. No mesmo período de 2016 o montante emitido marcava um valor bem próximo do deste ano, R$ 5,48 bilhões, mas proveniente de 15 operações. Com isso, tanto em termos de montante emitido quanto em termos de número de operações realizadas houve crescimento, de 8,2% e de 40,0%, respectivamente. Em junho deste ano foram realizadas quatro operações, totalizando R$ 396,6 milhões.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Líderes de distribuição de CRA revezam posições no ranking 2016

Tal qual o mercado de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) como um todo, o segmento de líderes de distribuição deste título também vivencia agitação. O intercâmbio de posições nos últimos anos entre os participantes dos rankings Uqbar de líderes de distribuição de CRA tem sido notável. Prova disso é o fato de que, em 2016, nenhum dos participantes elencados nas cinco primeiras posições, por montante de CRA emitidos ou número de operações, repetiu a mesma colocação obtida no ano anterior.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Ranking de advogados de CRA em 2016 registra recorde de participantes

A concorrência entre os assessores jurídicos de operações de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) se intensificou em 2016 com o ingresso de novos participantes no mercado. Na medida em que o volume de emissões de CRA tem se ampliado consideravelmente nos últimos anos, chegando a quase triplicar entre 2015 e 2016, o mercado de securitização do agronegócio tem atraído o interesse de mais escritórios de advocacia. Isso se refletiu no número de escritórios atuantes no mercado em 2016, o número mais que dobrou na comparação com o ano anterior. O ranking Uqbar de advogados de CRA de 2016 compõe-se de onze participantes, enquanto que em 2015 se contavam apenas cinco. Apesar da competição, os escritórios Pinheiro Guimarães e TozziniFreire lograram dilatar significativamente suas participações de mercado nesse ínterim.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Agentes Fiduciários alteram posições, mas SLW permanece no topo

Na sequência do vertiginoso aumento do montante emitido de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) em 2016, o mercado de agentes fiduciários também sofreu mudanças quando comparado com o cenário percebido em anos anteriores. A SLW Corretora e a Planner Corretora, duas das três corretoras que atuaram em 2016 e 2015, expandiram consideravelmente suas atuações em termos do montante emitido das operações em que estão presentes. A Pentágono DTVM, por sua vez, foi a única a registrar queda. Já a Oliveira Trust DTVM voltou a atuar no mercado do agronegócio depois do hiato de um ano. Além disso, com o ingresso da Vórtx DTVM no mercado de CRA, já nas primeiras colocações, os rankings Uqbar de agentes fiduciários passaram a contar com cinco participantes, o maior número anual desde o início deste mercado em 2009.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Primeira operação de CRA coloca Ápice em ranking de securitizadoras

De janeiro a agosto de 2016 as securitizadoras do agronegócio emitiram um total de R$ 6,82 bilhões em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA). Em termos do número de operações, já se contabilizam 21 no mesmo período. Com duas operações emitidas em agosto, a EcoSec voltou a ocupar a liderança do ranking Uqbar de securitizadoras sob o critério do montante emitido. Também em agosto, a Ápice fez sua estreia no ramo da securitização do agronegócio, depois de trazer à luz sua primeira operação de CRA.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

PMKA e Demarest são os líderes dos movimentados rankings de advogados de CRA

O mercado de prestadores de serviços para o segmento de securitização do agronegócio reflete características centrais decorrentes de um mercado em forte crescimento, mas ainda em desenvolvimento. Isso é perceptível especialmente quando se analisa o histórico recente das colocações conquistadas pelos escritórios de advocacia nos rankings de assessoria jurídica de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA). As colocações de cada escritório nos rankings se mostram oscilantes no decorrer dos anos, assim como as participações de mercado individuais de cada escritório.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

SLW volta a liderar rankings de agente fiduciário de CRA em 2015

Os dois rankings de agente fiduciário atuantes no mercado de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) em 2015 foram compostos pelas mesmas três instituições, as quais ocuparam as mesmas posições relativas em ambas as classificações, pelo critério de número de operações e em termos do montante emitido. A liderança de ambos os rankings foi ocupada pela SLW Corretora, que participou no ano como agente fiduciário de nove operações de CRA, que somaram R$ 2,12 bilhões. Em 2014 este participante havia atuado em doze operações, que haviam somado R$ 784,2 milhões. Estes números haviam garantido à SLW Corretora naquele ano o primeiro lugar do ranking por número de operações e o segundo por montante emitido.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais Lidos