As emissões de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) em 2016 atingiram, comparativamente àquelas efetuadas em 2015, um público relativamente mais amplo. A quantidade de séries de CRI registradas para distribuição conforme os ritos da Instrução CVM nº 400 (ICVM 400) sofreu incremento de 50,0%, enquanto o montante correspondente mais que quintuplicou no período.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais Lidos