Jornal

HGCR11 encerra emissão de R$ 163 milhões e mais do que dobra

Ontem, 19 de julho de 2018, foi divulgado na CVM anúncio da CSHG sobre o encerramento da distribuição pública de cotas de emissão do FII CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11). Segundo a CSHG, administradora do fundo, a oferta, que corresponde à terceira emissão do fundo, gerou integralização de montante total de R$ 163,8 milhões. Encerrada ontem, a oferta havia sido autorizada pela assembleia geral de cotistas realizada em 09 de outubro de 2017. A coordenadora líder foi a própria administradora.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Fitch atribui AAA’ a CRI lastreado em debêntures emitidas pela Rede D’Or

A agência Fitch Ratings divulgou na última terça feira, 17 de julho de 2018, relatório informando sobre a atribuição definitiva da classificação de risco ‘AAA’ à 184ª série da 1ª emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) da securitizadora RB Capital Companhia de Securitização, em montante de R$ 300,0 milhões. A ação da Fitch dá continuidade à classificação preliminar concedida ao CRI em 04 de junho de 2018, ocasião em que já havia sido atribuído um ‘AAA’.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores de CRI da Cibrasec decidem pela não ocorrência de vencimento antecipado

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 09 e 13 de julho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CVM suspende negociações do MFII11 por atuação irregular

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou hoje, 18 de julho, a suspensão imediata, em todos os ambientes de negociação, de operações que envolvam cotas do FII Mérito Desenvolvimento Imobiliário I (MFII11), administrado pela Planner Corretora. Segundo a autarquia houve a identificação de que o “fundo vem atuando de forma irregular no mercado de capitais e a sua atuação se assemelha a de pirâmide financeira com indícios de fraude”. Por sua vez, conforme Comunicado ao Mercado posterior à divulgação da deliberação pela CVM, gestora e administradora do fundo se disseram surpreendidas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

A diversidade de possibilidades no segmento de FIDC NP

A possibilidade de adquirir créditos de empresas em recuperação judicial ou extrajudicial, créditos vencidos, precatórios, créditos em discussão judicial, direitos de existência futura e montante desconhecido, e outros tipos de direitos creditórios não regulares, faz com que os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios Não Padronizados (FIDC NP) preencham um espaço importante no mercado de FIDC e na economia brasileira, promovendo liquidez para ativos ilíquidos e alternativas de captação e investimentos de recursos. Atualmente, o mercado de FIDC NP representa 41,3% do Patrimônio Líquido (PL) total do mercado de FIDC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Inter assume administração do FII Cidade

Já não é mais novidade que há em curso um relevante crescimento de empresas focadas na prestação de serviços financeiros através do uso de tecnologia, as chamadas fintechs. O mercado de finanças estruturadas não foge a essa regra, pois são várias as formas como as fintechs podem se envolver nas estruturas de suas operações. Nesta semana, evidenciou-se essa aproximação no mercado de Fundo de Investimento Imobiliário (FII), mais precisamente no contexto do FII Cidade.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Administradora informa sobre início de obras em imóvel do CTXL11

A Caixa Econômica Federal, administradora do FII Caixa TRX Logística Renda (CTXL11), publicou Fato Relevante para informar aos cotistas do fundo que em 10 de julho de 2018 foram iniciadas as obras no imóvel do fundo localizado na Cidade de Itapevi (SP). As atividades serão realizadas visando a recomposição do sistema elétrico interno, a ligação da energia do imóvel do fundo, as reformas para a obtenção do auto de vistoria do corpo de bombeiros, bem como as obras necessárias para a entrada do novo locatário do imóvel.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Locatário quita quase meio milhão em dívidas com FII Edifício Galeria

A BTG Pactual DTVM, administradora do FII Edifício Galeria (EDGA11), por sua vez proprietário de imóvel homônimo, publicou Fato Relevante para informar que a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro quitou parte dos pagamentos de alugueis e demais encargos locatícios em atraso com o fundo. Ainda, informou também que o fundo assinou um novo contrato de locação que reduzirá a vacância do imóvel, único ativo do FII, para 20%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cotistas do FII Green Towers aprovam emissão superior a R$ 300,0 milhões

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 09 e 13 de julho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CRA com risco BR Distribuidora recebe registro de oferta

Na última sexta-feira foram registradas na CVM as ofertas públicas das 9ª, 10ª e 11ª séries da 1ª emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) da securitizadora Cibrasec. As ofertas somam inicialmente R$ 811,8 milhões, podendo ser aumentadas conforme a demanda pelo título. A operação, que envolve a Petrobras Distribuidora (BR Distribuidora), subsidiária da Petrobras, corresponde à maior oferta de CRA realizada neste mercado no ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Lidos