Jornal

Rentabilidade acumulada de FII se aproxima de 20% em 2017

A rentabilidade efetiva média¹ calculada para as cotas de 83 Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociados em dezembro de 2016 e setembro de 2017 atingiu a marca de 19,4%. O grande destaque no mercado de FII fica por conta das cotas dos fundos que investem em imóveis, mais notadamente aqueles que investem no segmento de Shopping Centers, onde a rentabilidade efetiva média superou os 30,0% no período. No cômputo individual da rentabilidade efetiva acumulada em 2017 até setembro, calculada como a Taxa Interna de Retorno (TIR), registra-se que aproximadamente um em cada dois FII apresentou rentabilidade superior à variação do IFIX no período.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Contradições do desenvolvimento do mercado de capitais brasileiro

Entre 2012 e 2015, a Companhia Paulista de Securitização (CPSEC), do Estado de São Paulo, captou R$ 2,1 bilhões através de oferta pública de emissões de debêntures lastreadas em dívida ativa.

Em maio de 2017, a Companhia Securitizadora de Créditos Financeiros Cartões Consignados BMG iniciou uma oferta pública de aproximadamente R$ 1,0 bilhão, referente a emissões de duas séries de debêntures lastreadas em direitos creditórios oriundos de operações de saque e/ou compra realizadas com cartões de crédito consignados emitidos pelo Banco BMG S.A. e devidos por beneficiários do INSS.

No primeiro trimestre de 2018, a prefeitura da cidade de São Paulo, através de uma Sociedade de Propósito Específico, pretende captar até R$ 400 milhões em oferta pública de emissões de debêntures lastreadas em fluxo de multas de trânsito da cidade.

Todas as operações sumarizadas acima envolvem uma cessão de direitos creditórios, resultando em uma transferência de exposição de risco a um ativo de um cedente para investidores, e uma criação de liquidez, a partir da emissão de títulos pulverizados que são lastreados nos direitos creditórios cedidos e adquiridos por investidores múltiplos. Ou seja, são operações de securitização.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Investidores aprovam postergação de vencimento de CRI

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 09 e 13 de outubro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings de Agentes Fiduciários de CRA em 2017 são liderados com folga pela Vórtx

Durante os nove meses já decorridos de 2017 se computou a atuação de cinco agentes fiduciários no âmbito do mercado primário de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA). O mercado de agentes fiduciários em 2017 apresenta mudanças significativas em quando comparado aos anos anteriores. SLW Corretora e Planner Corretora, participantes já tradicionais deste mercado e ocupantes das primeiras colocações dos rankings de agentes fiduciários de CRA em 2016, reduziram suas participações de mercado de maneira expressiva. Por outro lado, a Vórtx DTVM que ingressou no mercado de CRA em meados do ano passado, já lidera os rankings do TLON de agentes fiduciários para o ano de 2017, tanto em montante emitido quanto número de operações, por larga vantagem.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Páginas de Participantes
Mais Lidos
Rankings
fii
fidc
cri
cra