Jornal

CRI de shopping no RJ sofre rebaixamento de classificação de risco

Quando se discute os impactos da pandemia de Covid-19 no mercado de capitais, é muito comum que um dos primeiros nichos a serem lembrados seja o de FIIs de shopping centers, diante da redução drástica dos níveis de atividade e do fluxo de clientes destes empreendimentos. No entanto, não é só o mercado de FIIs que acaba sendo impactado pelo momento difícil dos shopping centers, como demonstra um recente comunicado divulgado pela Fitch.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

DIP Financing e a simbiose com o mercado de capitais: uma nova opção de acesso aos investidores por empresas em recuperação judicial

Por Aline Freitas¹

No direito empresarial, em que pese as recentes alterações promovidas na Lei de Recuperação Judicial e Falências, persiste intenso debate acerca dos óbices encontrados pelas sociedades empresárias brasileiras que optam pelo instituto da recuperação judicial e/ou extrajudicial e que necessitam de recursos financeiros para custeio de despesas de capital de giro e manutenção, a fim de evitar a quebra em período de crise.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Mercado de FIDC contabiliza 54 novos fundos em 2021

No primeiro trimestre de 2021, a estreia de 54 FIDCs contribuiu ainda mais para ampliar as dimensões desse já robusto mercado. Utilizando como base a amostra desses novos fundos operacionais de 2021, constata-se que eles perfaziam um PL consolidado de R$ 4,98 bilhões ao fim de março deste ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotas de FIIs listados na B3 já se desvalorizaram 3,5% em 2021

Recentemente a Uqbar publicou uma análise sobre a liquidez do mercado secundário de cotas de FIIs negociadas na B3 por montante negociado e por número de negócios realizados. Nela se destacou o crescimento da liquidez no primeiro quadrimestre de 2021 frente ao mesmo período de 2020. Agora, a análise permanece tendo como objeto o comportamento do mercado secundário de FIIs, mas com foco em outro componente: a variação média do preço das cotas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Emissões de CRA já superam os R$ 4 bilhões em 2021

O mercado de CRA iniciou o ano de 2021 com forte movimentação e números expressivos. Ao final do primeiro quadrimestre deste ano o montante emitido supera em muito o total realizado no mesmo período de 2020. Além disso, o número de operações também cresceu. O CRA tem se tornado cada vez mais popular como fonte de captação de recursos nos mais diferentes segmentos do agronegócio, o que tem ajudado a impulsionar os números.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Liquidez do secundário de FII cresce consideravelmente no primeiro quadrimestre do ano

O mercado secundário de cotas de FIIs negociados na B3 alcançou as marcas de R$ 5,35 bilhões em montante negociado e 4.977.761 transações no último mês de abril. Tais marcas representam quedas mensais de 18,7% e 2,5%, respectivamente, tendo em vista que no último mês de março os indicadores marcavam R$ 6,59 bilhões e 5.105.562 transações.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CRI com risco Aliança tem classificação de risco rebaixada pela Fitch

Na última semana a agência de classificação de risco Fitch divulgou um comunicado a respeito do rebaixamento, de ‘AA’ para ‘AA-’, da nota da 26 série da 1ª emissão de CRI da Gaia. O CRI, que em março apresentava saldo devedor de R$ 543,0 milhões, é lastreado em recebíveis originados em um contrato atípico de locação cujo objeto são 14 andares de um edifício comercial de escritórios na cidade de São Paulo-SP.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

FIDC e CRI ligados à Órigo são os novos Green Bonds a surgir no mercado

A noção da urgência de estruturas produtivas que proporcionem não só ganhos financeiros, mas também socioambientais, já é algo bem estabelecido nas principais economias do mundo. Naturalmente, os mercados de capitais ao redor do planeta não estão alheios a essa dinâmica, sendo possível perceber o surgimento de diversos produtos de investimento com esse enfoque nos últimos anos, inclusive no Brasil.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Primeiro CRA da Logos é lastreado em recebíveis devidos por rede de restaurantes

Recentemente foi concluída a primeira emissão de CRA da securitizadora Logos. A empresa, que já atuava no mercado de CRI, fez assim sua estreia no segmento deste título do agronegócio. A operação é lastreada em créditos devidos pela empresa CIATC Participações (Cia Tradicional de Comércio), proprietária de uma rede de bares e restaurantes.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cohab Minas e BDMG fecham parceria para criar FII

A Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab Minas) firmou um acordo com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) para dar início à estruturação de um FII. A ideia é que o fundo imobiliário se torne detentor de imóveis que atualmente compõem o patrimônio imobiliário da companhia de habitação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Recentes
fii
cri