Jornal

Webinar discute a transformação digital estratégica para o mercado de FIDC

Já há algum tempo, a Uqbar vem relatando episódios problemáticos que estão surgindo em diversas operações dos mercados de finanças estruturadas em decorrência da própria pandemia e das medidas tomadas pela sociedade para conter o seu avanço. No mercado de FIDC, por exemplo, observa-se que no segmento dos fundos multicedente multissacado o patrimônio líquido se retraiu para o menor nível desde junho de 2019. Porém, mesmo neste cenário de adversidade, florescem as inovações tecnológicas ligadas ao mercado de FIDC. Pensando nisso, a Uqbar, em parceria com a Grafeno Digital e com o escritório de advocacia Vidigal Neto, realizou na última quarta-feira o webinar Transformação Digital e o Mercado de FIDC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Patrimônio dos FIDC Multicedentes Multissacados volta ao nível de junho de 2019

Pelas características dos fundos e dos recebíveis que adquirem, o segmento de FIDC Multicedente Multisacado (FIDC MM) pode ser considerado um “termômetro” da atividade econômica brasileira. Não deve causar espanto, então, a retração do patrimônio líquido consolidado desse segmento, mas outros indicadores também apresentaram significativas alterações.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Contexto de adversidade dos shoppings afeta CRI da Gaia

Como já é de amplo conhecimento de quem acompanha os desdobramentos econômicos recentes, o setor de shopping centers está atravessando uma gigantesca dificuldade. Naturalmente, os títulos de crédito cujos pagamentos se relacionam de alguma forma com o desempenho de empreendimentos deste setor também acabam adentrando em um cenário problemático.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Um Certificado para chamar de seu

No último dia 20, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei (PL) Número 1.886/2020. De acordo com a proposta, que agora segue para aprovação da Câmara dos Deputados, fica instituído o Certificado de Recebíveis da Educação (CRE). À maneira dos CRI e dos CRA, os CRE são títulos de crédito emitidos por companhias securitizadoras exclusivamente constituídas para securitização de direitos creditórios educacionais. Mas será que a criação de mais um título de securitização, específico para um segmento da economia, é a melhor maneira de enfrentar o alegado “subfinanciamento histórico” do setor educacional?

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Saída de locatária terá impacto de 8% em receita de FII

Hoje, dia 25 de maio, o mercado de FII tomou conhecimento sobre novos desdobramentos de uma relação conflituosa entre os cotistas do FII Campus Faria Lima (FCFL11) e a empresa Allpark Empreendimentos, Participações e Serviços. A empresa é locatária do fundo e é responsável pela operação do estacionamento do INSPER - Instituto de Ensino e Pesquisa Instituto de Ensino e Pesquisa, cujo campus está localizado na Faria Lima.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Empresa de shopping solicita alteração em pagamentos de lastro de CRI

No atual contexto da economia, a necessidade de alteração dos termos originais acordados em diversas operações do mercado de finanças estruturadas já se tornou algo mais corriqueiro, e até mesmo esperado. Seguindo tal padrão, nesta semana se fez pública a informação da ocorrência de uma assembleia de investidores convocada para deliberar a respeito do cronograma de pagamento de um CRI emitido pela True.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Oferta de CRA é concluída em meio à pandemia

No último dia 20 de maio foi publicado na CVM o anúncio de encerramento da oferta pública da 1ª série da 53ª emissão de CRA da Eco Securitizadora. A operação tem como lastro um CDCA emitido pela empresa JSL, grande player do setor de transportes e logística no Brasil. Trata-se da segunda maior emissão de CRA registrada no ano, até aqui.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CRA de R$ 600 Mi será emitido pela ISEC

Em breve, R$ 600,0 milhões serão incorporados ao total de emissões de CRA ocorridas neste ano de 2020. A emissão será estruturada de acordo com o modelo que preponderou nos últimos anos no mercado de CRA: debêntures emitidas por empresa consolidada no agronegócio.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

MST marcha para a Faria Lima

Em uma live realizada na última semana, foi anunciado um modelo de financiamento do pequeno agricultor através de ferramentas do mercado de capitais e com a participação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A transmissão contou com a participação de João Pedro Stédile, da direção nacional do MST, Salete Carollo, também do MST, Emerson Giacomelli, diretor da Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita (Coopan), localizada em assentamento no Rio Grande do Sul, e Eduardo Moreira, idealizador do Financiamento Popular (Finapop), uma instituição que atua em projetos sustentáveis. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Informadas alterações no fluxo de recebimento do SPTW11

Nos últimos dias, por meio de Fato Relevante, a Genial Investimentos e a BRPP Gestão de Produtos Estruturados, administradora e gestora, respectivamente, do FII SP Downtown (SPTW11), trouxeram para o conhecimento do mercado algumas medidas tomadas em relação à gestão de imóveis do fundo. Tais medidas gerarão alterações nos fluxos de recebimento do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Recentes
cri