Jornal

Vídeo #6 – Evolução do PL das classes de ativo-lastro dos FIDC (2007-2019)

Evolução mensal, de janeiro de 2007 a março de 2019, do patrimônio líquido das classes de ativo-lastro dos FIDC em operação no mercado.

Quer saber o motivo do crescimento da classe Recebíveis do Agronegócio nos últimos meses? Clique aqui!

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Emissões de FIDC batem recorde no primeiro trimestre; captação líquida atinge R$ 14 bi

O mercado de Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC) apresentou no primeiro trimestre um forte volume de emissões, o equivalente a R$ 24,7 bilhões¹. Tal marca corresponde a mais que o dobro daquela referente ao mesmo período em 2018, a qual representava até agora o recorde histórico para este período em cada ano. Vale ressaltar, entretanto, que parte relevante do montante emitido no primeiro trimestre de 2019 se concentrou em dois grandes fundos que entraram em operação no período, conforme já abordado no portal TLON. Acompanhando esse movimento, a Captação Líquida (CL) da indústria no período também alcançou marca expressiva, fechando até março em R$ 14,0 bilhões. Os destaques de expansão em termos de categoria de ativo-lastro foram Recebíveis do Agronegócio, Recebíveis Comerciais, Crédito Pessoal e Crédito Pessoa Jurídica.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Fundos de fundos rendem 2,1% no mês

No mês de março de 2019, a rentabilidade efetiva, correspondente à Taxa Interna de Retorno (TIR) calculada sobre o fluxo representado pela variação de preço de cota e pelos rendimentos distribuídos no período, na média, dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociados no âmbito da B3 atingiu 1,6%. Em meio ao bom desempenho geral dos FII no ano até aqui, se destacam aqueles fundos que investem em cotas de outros fundos, uma vez que este segmento apresentou rentabilidade efetiva mensal média em março da ordem de 2,1%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores ameaçam executar garantias de CRI da RB Capital

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 15 e 19 de abril de 2019. (obs: as atas marcadas com um “*” são referentes às quatro atas divulgadas na semana passada que não foram cobertas no artigo da semana passada.)

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

XP deixa gestão de FII

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 15 e 18 de abril de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Vídeo #5 – Os FII de maior média mensal de montante negociado (2009-2019)

Evolução mensal, de janeiro de 2010 a março de 2019, do Top 10 de FII organizados pela média mensal de montante negociado nos 12 meses anteriores.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

CRI da RB Capital tem resgate antecipado aprovado

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 08 e 12 de abril de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Vídeo #4 – Os FII mais líquidos em termos de montante negociado (2009-2019)

Evolução mensal, de fevereiro de 2009 a março de 2019, do Top 10 de FII organizados por montante negociado no mês.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Responsável por metade do mercado primário até agora, RB Capital lidera ranking de 2019

Somente durante o mês de março, cinco securitizadoras realizaram suas primeiras emissões de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) de 2019. Isso elevou para onze o número total de participantes do ranking Uqbar de securitizadoras imobiliárias para este ano. Apesar do aumento de disputantes à coroa, o lugar mais alto do pódio permaneceu, por mais um mês, nas mãos da RB Capital.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Nova emissão deve isolar KNCR11 como maior FII do mercado

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 08 e 12 de abril de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Lidos