Jornal

Número mensal de negociações de FII em outubro é o maior da história

Em outubro a liquidez consolidada do mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociadas no âmbito da B3, apresentou elevação, tanto em relação ao montante negociado quanto em número de negócios. Após sua queda em base mensal em setembro, o indicador de montante negociado avançou em outubro e superou pela quarta vez no ano a marca de R$ 1,00 bilhão. Já em relação ao critério do número de negócios, indicador que vinha caindo nos últimos dois meses, o mercado observou a maior marca mensal da história, acima de 420 mil.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

VLOL11 recebe indenização por rescisão antecipada de locatário

A Oliveira Trust DTVM e a RB Capital Asset Management, administrador e gestor, respectivamente, do FII Vila Olímpia Corporate (VLOL11), publicaram Fatos Relevantes para informar os cotistas sobre a recém anunciada desocupação de parcela do imóvel e sobre inadimplência que já dura três meses.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Dado em garantia de CRI, Shopping Lajeado vai a leilão

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 22 e 26 de outubro de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas decidirão sobre venda de imóvel do XTED11

O BTG Pactual, administrador do FII TRX Edifícios Corporativos (XTED11), publicou edital de convocação para assembleia geral extraordinária de cotistas a fim de decidir sobre a alienação do imóvel GT Plaza, um dos dois imóveis da carteira do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Nova Instrução da CVM aprimora normas de CRI e CRA

A CVM editou hoje, 31 de outubro, a Instrução CVM Nº 603 (ICVM 603). A norma implementa alterações pontuais nas Instruções CVM Nº 414, 480 e 600 que, em conjunto, tratam de questões envolvendo os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI).

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Sétima oferta de cotas do KNCR11 é registrada no órgão regulador

Foi registrada na CVM ontem, 29 de outubro, mais uma oferta pública de distribuição de cotas do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11). A oferta perfaz o montante inicial de R$ 690,0 milhões e está sob coordenação do Itaú BBA. Esta será a sétima oferta pública de cotas deste fundo, que atualmente é o maior FII dentre os que têm cotas negociadas na B3. Com esta nova oferta o mercado de FII já registra 35 ofertas de cotas no ano, com montante ofertado consolidado atingindo cifra próxima dos R$ 10,00 bilhões.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cotistas aprovam troca de administrador e gestor do FII Arena

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 22 e 26 de outubro de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Indústria de FIDC supera os 700 fundos e PL se aproxima de R$ 100 bi

Encerrado o mês de setembro de 2018, a indústria de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) ultrapassou a marca de 700 fundos em operação e atinge o maior nível histórico deste indicador. No mesmo sentido, o setor apresenta ampliação de seu Patrimônio Líquido (PL) consolidado ao longo do ano e já se aproxima da marca de R$ 100,00 bilhões, feito histórico também. Ambos indicadores apresentam considerável crescimento no ano, com destaque para o impulso advindo do expressivo número de novos fundos que entraram em operação entre janeiro e setembro em 2018. Foram mais de 100 novos fundos neste período, que agregaram aproximadamente R$ 8,00 bilhões ao PL consolidado do mercado de FIDC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Ápice lidera rankings de securitizadoras imobiliárias

O mercado primário de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) alcançou em 2018, até o mês de setembro, a marca de R$ 5,98 bilhões em montante emitido, através de 85 operações. Ao analisar a cifra realizada até agora, é possível notar que a Ápice e a RB Capital Companhia de Securitização (RB Capital) são as securitizadoras que mais contribuíram para esta marca, emitindo cada uma um montante bastante parecido. Já no campo do número de operações, a Ápice é quem detém o maior destaque.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Aprovada alteração no cronograma de amortização de CRI da Gaia

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 15 e 19 de outubro de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Lidos