Jornal

Painel do Uqbar Day 2021 traz discussão a respeito do florescimento de ativos alternativos no mercado brasileiro

O painel De jogadores de futebol a agenda de shows de música: o florescimento de ativos alternativos, do primeiro dia de Uqbar Day 2021, foi marcado pelo rico debate entre os CEOs da empresa Hurst Capital, Arthur Farache (também sócio-fundador); e da corretora Mercado Bitcoin, Reinaldo Rabelo, e o diretor da gestora Contea Capital, Cristiano Pardi (sócio-fundador) sobre ativos alternativos - razão de serem, que lugar ocupam e ocuparão no mercado financeiro.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Desbancarização do mercado de crédito foi o pontapé inicial das discussões do Uqbar Day 2021

A semana passada foi marcada pela realização do Uqbar Day 2021, o maior evento de securitização do mercado brasileiro. Foram diversas palestras, painéis e sessões focadas em assuntos estratégicos para os mercados de capitais e de crédito. Com o intuito de revisitar essas questões, a Uqbar trará uma série de artigos que destacará alguns dos debates que ocorreram no evento. Para começar, revisitaremos o primeiro painel do evento: Desbancarização: de problema a oportunidade.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

CRA que beira emissão de R$ 1 bilhão tem risco relacionado à Ultrapar

Mais um CRAbênture com alto montante de emissãovirá a mercado em breve. Trata-se da série única da 63ª emissão da Vert, com lastro em uma emissão de debêntures da Ipiranga Produtos de Petróleo (Ipiranga). O montante de emissão dos CRAs chega a R$ 960 milhões.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Virou rotina: montante negociado em cotas de FIIs ultrapassa R$ 5 bilhões novamente

Para quem acompanha o mercado de FIIs, a elevada liquidez das cotas dos fundos negociados na B3 não é novidade. Já há alguns anos, os indicadores de montante negociado e de número de negócios seguem demonstrando, mês a mês, robustez e o ganho de maturidade deste mercado. Em agosto, isso não foi diferente.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Câmara dos Deputados aprova projeto que pode asfixiar o mercado de FIDCs

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (2), o projeto de lei que altera regras do Imposto Renda (PL 2337/21). Tendo como relator o deputado Celso Sabino (PSDB-PA), o projeto traz consigo o artigo 26, que altera a tributação dos FIDCs. O projeto agora será enviado ao Senado Federal.

FIDCs de Ativos Alternativos é o que mais emitiu cotas em julho

O FIDC que mais emitiu cotas no mercado primário, ao longo do mês de julho, foi o Alternative Assets I NP. Ao emitir R$ 2,05 bilhões em cotas, o fundo administrado pelo BTG Pactual abocanhou 25,2% do total emitido no mês: R$ 8,15 bilhões. Outros 178 fundos emitiram cotas em julho. Entre os 10 primeiros, apenas o Alternative Assets I NP ultrapassou a marca de R$ 1,00 bilhão em emissões de cotas. Ainda assim, o Top 10 dos FIDCs que mais emitiram no período representa mais da metade do total do mês.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Quais são as maiores variações de PL no mercado de FIDCs? A Uqbar traz a resposta

A Uqbar publicou, recentemente, algumas análises a respeito do patamar dimensional do mercado de FIDCs. Já foram abordadas questões como captação líquida consolidada, patrimônio líquido (PL) consolidado e quais são os maiores fundos deste mercado. Em relação ao aspecto individual, é preciso ter em mente que, para realizar uma análise ainda mais aprofundada sobre o FIDC em questão, não basta observar os valores absolutos, mas sim, entender como o PL destes fundos varia ao longo do tempo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Captação líquida de FIDCs sobe, puxada por alta das emissões

O mercado de FIDCs apresenta, de janeiro a julho de 2021, captação líquida positiva que já supera a marca dos R$ 25,00 bilhões. Com o resultado, o indicador encontra-se no campo positivo pelo quinto ano seguido. O indicador de captação líquida resulta da diferença entre o montante de emissões e o de amortizações de cotas realizadas no ano, sendo que todos os números de amortização incluem também os números de resgate. O maior impacto na captação líquida veio da alta no volume de emissões que supera R$ 50,00 bilhões no ano. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Fundos de arranjo de pagamento se destacam entre os dez maiores FIDCs do mercado

A Uqbar publicou, na última quinta-feira, uma análise a respeito do patamar dimensional do mercado de FIDCs, com dados de patrimônio líquido (PL) consolidado e número de fundos em operação ao final de julho.  

Agora, vamos aprofundar a análise e observar quais são os maiores fundos deste mercado. Porém, uma observação a ser feita, é a de que alguns administradores ainda não disponibilizaram os dados de determinados fundos em relação ao mês de julho, de forma que esta fotografia ainda pode sofrer alterações. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mesmo com alguns fundos ausentes, PL de FIDCs impressiona pelo patamar expressivo

Já há algum tempo, o mercado de FIDCs impressiona pelo ritmo de seu crescimento dimensional e pelo robusto patamar alcançado. Analisando a fotografia do mercado ao final de julho, observa-se que o patrimônio líquido (PL) consolidado alcançou a marca de R$ 196,51 bilhões, por meio de 1.185 fundos. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Recentes
fii
fidc
cri