Jornal

Com 82% de vacância, Torre Almirante recebe R$ 729 mil da Prefeitura do Rio; valor cobrirá despesas ordinárias

O BTG Pactual, administrador do FII Torre Almirante (ALMI11), publicou ontem, 13 de junho, Fato Relevante no qual informa que o fundo recebeu montante da Prefeitura do Rio de Janeiro, referente à devolução do valor atualizado de depósito relacionado ao Processo Administrativo nº 04/451.466/2010, respectivo à Nota de Lançamento de ITBI nº 0491/2010.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

FIDC Nu tem nova emissão de cotas classificada pela S&P

Atualmente são vários os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) que compram recebíveis originados no segmento de transações realizadas por meio de cartão de crédito. O FIDC Nu é um desses fundos. Criado no final de 2017, o fundo investe em uma carteira caracterizada por aquisições de recebíveis oriundos da utilização dos cartões de créditos emitidos pela empresa Nubank, uma das fintechs de maior relevância no mercado de crédito brasileiro.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Aprovada redução da taxa de juros de quatro séries de CRI da Cibrasec

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 04 e 08 de junho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

HGRE conclui aquisição de conjunto localizado na Faria Lima

O CSHG, administrador do FII CSHG Real Estate (HGRE11), comunicou via Fato Relevante que pagou, ontem, 12 de junho, o saldo do preço de aquisição de um conjunto no Condomínio Centro Empresarial Mário Garnero, concluindo, assim, a transação previamente comunicada no início de abril.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Renúncia do CSHG traz à tona novo administrador de FII

Os cotistas de três fundos anteriormente administrados pelo CSHG, FII CSHG Atrium Shopping Santo André (ATSA11B), CSHG Top FOFII (TFOF11) e CSHG Top FOFII 2 (FOFT11), confirmaram ontem, 12 de junho, a alteração do prestador de serviços de administração para a Hedge Investments DTVM, recém registrada na CVM e pertencente ao mesmo grupo econômico do gestor desses fundos. Segundo Fato Relevante, o novo administrador assumirá efetivamente as atividades de administração dos fundos a partir do fechamento dos mercados no dia 22 de junho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cotistas do FII TS Part autorizam assinatura de contrato de locação

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 04 e 08 de junho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

RB Capital e Ápice assumem liderança de rankings de emissores de CRI

Em 2018, até maio, foram emitidos R$ 2,09 bilhões de CRI, distribuídos em 37 operações. Respondendo por mais de um terço da cifra emitida, a RB Capital, uma das onze securitizadoras que emitiram CRI em 2018, é a líder do Ranking Uqbar de Securitizadoras Imobiliárias organizado por esse critério. Quando o critério é o número de operações, a Ápice é quem ocupa o lugar de destaque, com sete operações emitidas nos primeiros cinco meses do ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Projeto de Lei disciplina distratos imobiliários

A Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (06/06), o Projeto de Lei 1.220/2015, que disciplina os distratos imobiliários. A norma segue agora para aprovação ou veto do Senado Federal. Se transformada em lei, a norma deve entrar em vigor no dia de sua publicação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Ápice assume dez séries de CRI emitidos pela PDG

A atual situação de adversidade econômico-financeira da PDG Realty, incorporadora em processo de recuperação judicial, é de amplo conhecimento do mercado. A PDG Securitizadora, braço da empresa atuante na emissão de títulos de securitização, não foge desse contexto. Muito embora a recuperação judicial da emissora não afete os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) por ela emitidos, em virtude de mecanismos como o regime fiduciário e o patrimônio separado, que isolam o CRI do patrimônio da PDG, os investidores de alguns CRI acabaram por decidir transportar os CRI para outra securitizadora.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Projeto de lei que regulamenta a duplicata eletrônica é aprovado pela Câmara

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (07/06) o Projeto de Lei 9.327/2017, que regulamenta a emissão de duplicatas eletrônicas. O texto segue agora para o Senado Federal e, se aprovado, pode ajudar a consolidar o mercado de FIDC como alternativa para antecipação deste título por pequenas e médias empresas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Lidos