Jornal

Cotas sênior de FIDC de saneamento têm classificação de risco elevada

A conexão dos Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) com as empresas prestadoras de serviço de saneamento foi exemplificada em artigo recente no TLON. Na ocasião, abordou-se a operação de um fundo ligado à Saneago, com o relato da elevação da classificação de risco de suas cotas pela Fitch. Agora, a agência de classificação de risco repete a ação com as cotas de outro FIDC relacionado ao setor de saneamento.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Um dos FII ligados à Loft tem emissão de R$ 500 mi aprovada

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 02 e 06 de setembro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CVM define data para implementar Informe Mensal de CRI

A CVM divulgou, há pouco mais de um mês, o Ofício Circular CVM/SIN 8/19, que orientava as companhias securitizadoras a respeito do envio das informações periódicas e eventuais referentes às emissões de CRA. O título imobiliário, por sua vez, havia sido relegado para um segundo momento, que tomou forma hoje, 09 de setembro, com a divulgação do Ofício Circular CVM/SIN 10/19.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Novo FIDC de cartão de crédito prepara emissão superior a R$ 400 mi

Quando se discute a interação existente entre o mercado de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) e o universo dos arranjos de pagamentos, é natural que sejam recordados aqueles fundos ligados a empresas como Cielo e Stone, que atraíram bastante atenção no momento de sua estruturação. No entanto, é importante lembrar de outras empresas do mercado de pagamentos que também se relacionam com a indústria do principal veículo de securitização do Brasil. Uma dessas empresas é a Acqio.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Perto da estabilidade, preço dos FII varia 0,2% em agosto

O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociadas no âmbito da B3, encerrou agosto de 2019 com variação média¹ de preço perto da estabilidade, assinalando 0,2% no mês. A média, no entanto, foi minorada pelo desempenho particular de alguns FII, ente os quais estão aqueles que foram objeto de ofício emitido pela CVM.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores suspendem vencimento antecipado de CRI da Habitasec

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 26 e 30 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Nova oferta de cotas do XPLG11 recebe registro

Na última terça-feira, dia 03 de setembro de 2019, a terceira oferta pública de distribuição de cotas do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) XP Log (XPLG11) recebeu registro na CVM. Com esta nova oferta, que perfaz o montante inicial de aproximadamente R$ 690,0 milhões, o Patrimônio Líquido (PL) deste fundo pode chegar a R$ 1,00 bilhão. Esta é a sexta oferta pública de FII de logística no ano, sendo que no segmento de FII de imóvel este segmento é o que concentra o maior número de registros no ano. Ao todo já foram registradas 35 ofertas de FII em 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Negócios se aproximam dos R$ 3 bi em agosto

Em mais uma mostra da pujança da liquidez do mercado secundário de cotas de FII, o montante negociado em agosto de 2019 por muito pouco não superou os R$ 3,00 bilhões. Entretanto, a cifra foi suficiente para que um novo recorde mensal fosse batido – pela sexta vez consecutiva durante 2019. O número de negócios mensais, também relevante, se manteve por mais um mês acima dos 1,2 milhão, consagrando um novo recorde.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rio Bravo é bem-sucedida com recurso apresentado junto à CVM

Recentemente observou-se no mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) uma discordância, entre a Superintendência de Relação com Investidores Institucionais (SIN) da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Rio Bravo Investimentos, sobre o enquadramento tributário referente aos FII Centro Têxtil Internacional (CTXT11) e Grand Plaza Shopping (ABCP11). Na ocasião a autarquia solicitou que fossem refeitas as demonstrações financeiras destes fundos para os anos de 2017 e 2018. Após este episódio, a Rio Bravo, administradora dos fundos, entrou com recurso no colegiado da autarquia para que não fosse necessário atender tal solicitação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Investidores do FII Hectare CE aprovam desdobramento de cotas

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 26 e 30 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Lidos