Virou rotina. Rede D’Or São Luiz é parte em mais uma emissão de CRIs

Parte importante da expansão da Rede D’Or São Luiz, uma das maiores redes de saúde do Brasil, com 68 hospitais próprios e três hospitais administrados, tem sido financiada com recorrentes emissões de CRIs.

O novo CRI em questão é o da Opea Securitizadora, em suas séries 500ª,  508ª e 509ª da 1ª emissão, que têm como lastro debêntures simples não conversíveis em ações, emitidas pela rede de hospitais. A instituição custodiante será a Oliveira Trust e o agente fiduciário é a Pentágono.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Havan volta a ser parte em uma operação no mercado de CRIs

Uma nova emissão de CRIs envolvendo uma das principais companhias brasileiras da atualidade, a Havan, ganhou vida recentemente no mercado. A companhia é um gigante do varejo brasileiro, vendendo produtos dos mais diversos departamentos, como eletrônicos, utilidades domésticas, moda, brinquedos e outros.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Gigante do setor do comércio capta recursos via CRIs

O mercado de capitais tomou conhecimento, recentemente, de uma nova operação de CRIs envolvendo um gigante do setor do comércio. Trata-se da 505ª série da 1ª emissão de CRIs da True Securitizadora.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Discussões a respeito da expansão dos segmentos aptos à securitização marcam evento de lançamento dos Anuários Uqbar

O segundo painel do primeiro dia de evento de lançamento dos Anuários Uqbar 2022, dedicado à publicação referente ao mercado de CRIs, reuniu os convidados Ricardo Spezia, CEO da Next Auditores, e Arley Fonseca, presidente e diretor de securitização da True Securitizadora, além de Alfredo Marrucho, gerente da Uqbar.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Especialistas repassam 2021 e avaliam o futuro no painel de abertura do primeiro evento de lançamento dos Anuários Uqbar

O primeiro dia de eventos de lançamento dos Anuários Uqbar 2022, reuniu, no painel de abertura, o sócio fundador e CEO da Uqbar, Carlos Augusto Lopes, Ricardo Stuber, sócio do escritório de advocacia TozziniFreire, e Luiz Fernando Figueiredo, CEO e sócio fundador da Mauá Capital.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Aquisição da Planeta faz Opea crescer significativamente nos mercados de CRIs e de CRAs

Uma importante transação no mercado de securitização tornou-se pública, recentemente. Por meio de fato relevante, a Planeta Securitizadora (Planeta) divulgou a informação de que foi celebrado um contrato de compra e de venda de cotas entre a securitizadora, a Nova Atlantis Participações (Nova Atlantis) e a Opea Capital (Opea).

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Governo Federal lança MP do Novo Marco da Securitização, mas não inclui FIDCs

 

O Governo Federal editou na terça-feira, dia 15 de março, a Medida Provisória (MP) 1.103/2022, que estabelece o Novo Marco da Securitização. Além de consolidar em uma única norma leis anteriormente dispersas, a MP cria a Letra de Risco de Seguro (LRS) e o Certificado de Recebíveis (CR).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

IPCA foi o indexador mais utilizado em emissões de CRIs em 2021

A Uqbar trouxe, recentemente, uma análise a respeito do comportamento do mercado primário de CRIs durante 2021. Naquele momento, o ponto principal foi o novo recorde em dimensões para esse mercado no período. Agora, é hora de continuar o processo de entendimento do comportamento do mercado primário de CRIs no ano passado, mas através de uma análise distinta, segmentando o montante total emitido em CRIs por tipo de indexador utilizado para formar a remuneração estabelecida aos investidores.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Mercado primário de CRIs alcança patamares históricos

O mercado primário de CRIs teve, em 2021, um ritmo extremamente aquecido. O resultado disso foram marcas inéditas alcançadas, tanto pelo indicador de montante emitido consolidado, quanto pelo indicador de número total de operações que vieram a mercado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

CVM divulga o tão esperado marco regulatório das securitizadoras

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou uma norma muito aguardada pelo mercado de securitização brasileiro: a Resolução CVM 60. Trata-se do marco regulatório sobre as companhias securitizadoras registradas na autarquia, resultante de um processo de audiência pública iniciado em 2020.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings

Mais Recentes
fii
cri