Projeto de Lei disciplina distratos imobiliários

A Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (06/06), o Projeto de Lei 1.220/2015, que disciplina os distratos imobiliários. A norma segue agora para aprovação ou veto do Senado Federal. Se transformada em lei, a norma deve entrar em vigor no dia de sua publicação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Ápice assume dez séries de CRI emitidos pela PDG

A atual situação de adversidade econômico-financeira da PDG Realty, incorporadora em processo de recuperação judicial, é de amplo conhecimento do mercado. A PDG Securitizadora, braço da empresa atuante na emissão de títulos de securitização, não foge desse contexto. Muito embora a recuperação judicial da emissora não afete os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) por ela emitidos, em virtude de mecanismos como o regime fiduciário e o patrimônio separado, que isolam o CRI do patrimônio da PDG, os investidores de alguns CRI acabaram por decidir transportar os CRI para outra securitizadora.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cisão de devedora acarreta alterações em CRI da Fortesec

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 28 de maio e 01 de junho de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Aprovada a liberação de garantias de CRI da Novasec

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 21 e 25 de maio de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Securitizadora pede dispensa de requisito da ICVM 414 para CRI devido por hospital

A Ápice pediu a dispensa de requisitos previstos na ICVM 414 e na ICVM 400, que tratam da oferta pública de CRI e de valores mobiliários em geral, respectivamente, tendo em vista a distribuição ampla dos CRI da 103ª série de sua primeira emissão. A dispensa tem relação com o fato do devedor do direito creditório que lastreia a emissão não ser constituído sob a forma de uma sociedade empresária, mas sim ser uma associação civil sem fins lucrativos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Aprovada a reestruturação de CRI da Novasec

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 14 e 18 de maio de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores de CRI da Brazilian Securities aprovam alteração em contrato de aluguel

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 07 e 11 de maio de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Fitch revisa classificações de risco de 24 emissões

É sabido que o Brasil passa por um momento de transição após enfrentar uma recessão econômica de grandes proporções. Ajustes estruturais na economia são vistos pelo mercado como essenciais para retomada de um crescimento econômico a taxas mais elevadas, mas a dificuldade em conseguir implementá-los tem se mostrado patente. A preocupação decorrente é evidenciada na decisão da agência de classificação de risco Fitch Ratings de rebaixar a classificação soberana do país em fevereiro, quando alegou que o país tinha impossibilidade de implementar as reformas que melhorariam o desempenho estrutural das finanças públicas. O rebaixamento da classificação soberana desencadeou, ainda que indiretamente, ajustes na classificação de risco de diversas operações do mercado, dentre as quais estão operações de CRI, CRA e FIDC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Falência da Urbplan pode impactar mais de R$ 460 mi em CRI

Pelo menos trinta e seis séries de CRI, perfazendo vinte e sete operações emitidas por quatro securitizadoras diferentes, somando pouco mais de R$ 460,0 milhões de saldo devedor (computado no fim de 2017), e investidores que vão de grandes instituições financeiras a fundos de investimentos (inclusive FII), passando por pessoas físicas e jurídicas. Estes componentes e participantes são parte importante do cenário onde se desenrolará a próxima etapa do pedido de recuperação judicial da Urbplan, anteriormente denominada Scopel.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores de CRI reúnem-se em assembleia após imóveis objeto de alienação fiduciária serem vendidos sem consentimento

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 30 de abril e 04 de maio de 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings

Mais Lidos