Securitização imobiliária e o caminho sendo trilhado

Aos poucos deve surgir, agora, um incipiente mercado de securitização imobiliária de carteiras pulverizadas cedidas por bancos. A partir dos efeitos da consolidação do nível historicamente baixo de juros na economia brasileira, e do desaparecimento do uso de um indexador arbitrário como a Taxa Referencial (TR), crescerão os incentivos de se transacionar carteiras pulverizadas de crédito imobiliário. Seja pelo lado de investidores, ou de instituições financeiras credoras originais, fortalecerá um racional de gestão financeira propiciador da expansão de tal mercado. Além disto, a própria maior diversificação do tipo de crédito imobiliário sendo originado, transacionado e securitizado contribuirá para este movimento de expansão.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Investidores aprovam substituição do lastro de CRI da True

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 19 e 23 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CRI da RB Capital tem taxa de juros alterada

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 12 e 16 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais um CRI da Rede D’Or está prestes a vir a mercado

A Rede D’Or São Luiz (Rede D’Or) voltou ao mercado de capitais para levantar recursos através de uma emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), em estratégia que já se repete há algum tempo. Trata-se da 221ª série da 1ª emissão de CRI da RB Capital Companhia de Securitização (RB Capital). A emissão recebeu ontem, dia 19 de agosto de 2019, sua classificação de risco definitiva.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Investidores de CRI aprovam, com ressalvas, plano de recuperação judicial da Urbplan

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 05 e 09 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores de CRI da Gaia aprovam reorganização societária da cedente

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 29 de julho e 02 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

S&P eleva classificação de risco de CRI da Habitasec e da Ourinvest

Ontem, dia 31 de julho de 2019, a agência de classificação de risco S&P elevou, de ‘A+’ para ‘AA’, a nota de crédito de duas séries de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), uma emitida pela Ourinvest e outra pela Habitasec. A ação da agência está relacionada ao recente aumento de capital da empresa Tecnisa.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Investidores de diversas séries de CRI aprovam ajustes em garantias

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 22 e 26 de julho de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Vórtx volta a liderar ranking de agentes fiduciários

Depois de um 2018 que consignou a volta da Pentágono à liderança do Ranking Uqbar de Agente Fiduciários de CRI organizado pelo critério de montante emitido, a primeira metade de 2019 marca a Vórtx recuperando o topo da escala. Enquanto o quadro do mercado primário registra um total de R$ 6,45 bilhões em CRI, a Vórtx é a responsável por parcela equivalente a 61,0%. Em relação ao número de operações, ao conquistar 45,5% das 77 operações emitidas no mercado, a Vórtx manteve sua liderança no ranking sob este critério.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CVM altera forma de envio de informações de CRA; CRI fica parcialmente de fora

A partir da edição da ICVM 600, em agosto de 2018, um novo regime informacional foi estabelecido para os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) e os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI). Apesar do aumento do volume e frequência das informações prestadas, a acessibilidade dos dados permaneceu deficitária. Isso está prestes a mudar, pelo que consta no Ofício Circular CVM/SIN 8/19, publicado em 24 de julho pela CVM.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings

Mais Lidos