A Instrução nº 472 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) tornou possível Fundos de Investimento Imobiliário (FII) que investem preponderantemente em títulos de lastro imobiliário, dentre os quais se destacam os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI). Desde o advento daquela Instrução já foram lançados 21 FII com carteiras compostas por títulos, a grande maioria deles focada em investimentos em CRI. A Uqbar categoriza este conjunto de FII, os que investem em CRI, como FII de Renda Fixa.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais Lidos