No primeiro bimestre de 2017 subiu o número de negociações envolvendo cotas de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) na Cetip. Foram 1.886 negócios realizados, que superaram em 26,3% o número referente ao primeiro bimestre do ano anterior, de 1.493. Em contrapartida, houve declínio em termos de montante negociado. Ao todo foram R$ 907,2 milhões em CRI transacionados entre janeiro e fevereiro de 2017, enquanto que no mesmo período de 2016 haviam sido R$ R$ 2,19 bilhões, representando declínio de 58,6%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais Lidos