A comparação do perfil das operações de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) emitidas entre janeiro e julho de 2017 e de 2016, se de mercado ou não, é benéfica para o presente ano. Enquanto nos sete meses já decorridos de 2017 o montante emitido de CRI já atinge R$ 3,34 bilhões, no mesmo período do ano anterior a cifra de operações de mercado havia assinalado apenas R$ 2,52 bilhões, o que representa crescimento de 32,5%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos