Em novembro último o mercado primário de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) apresentou emissões que perfizeram montante de R$ 578,0 milhões, correspondendo a oito operações. Com isso, no ano de 2017 até novembro, já foram emitidos R$ 7,77 bilhões em CRI, através de 118 operações. No mesmo período correspondente no ano de 2016 estes indicadores marcavam R$ 16,28 bilhões e 89 operações respectivamente. Ou seja, percebe-se em 2017 a ocorrência de um maior número de emissões, porém, em termos de montante, um valor inferior ao do ano passado, muito em função das operações consideradas não de mercado, ainda muito realizadas até o ano passado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos