As emissões de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) somaram R$ 8,90 bilhões em 2017, correspondentes a 133 operações. Embora represente uma queda de R$ 9,19 bilhões, ou 50,8%, em relação à cifra de 2016, todas as operações emitidas em 2017 se qualificam para serem denominadas operações de mercado segundo os critérios da Uqbar. Em 2016, por outro lado, apenas R$ 6,67 bilhões, ou 36,9%, dos R$ 18,09 bilhões emitidos no ano seriam classificados como operações de mercado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos