O mercado primário de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) alcançou em 2018, até o mês de setembro, a marca de R$ 5,98 bilhões em montante emitido, através de 85 operações. Ao analisar a cifra realizada até agora, é possível notar que a Ápice e a RB Capital Companhia de Securitização (RB Capital) são as securitizadoras que mais contribuíram para esta marca, emitindo cada uma um montante bastante parecido. Já no campo do número de operações, a Ápice é quem detém o maior destaque.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos