Aos poucos deve surgir, agora, um incipiente mercado de securitização imobiliária de carteiras pulverizadas cedidas por bancos. A partir dos efeitos da consolidação do nível historicamente baixo de juros na economia brasileira, e do desaparecimento do uso de um indexador arbitrário como a Taxa Referencial (TR), crescerão os incentivos de se transacionar carteiras pulverizadas de crédito imobiliário. Seja pelo lado de investidores, ou de instituições financeiras credoras originais, fortalecerá um racional de gestão financeira propiciador da expansão de tal mercado. Além disto, a própria maior diversificação do tipo de crédito imobiliário sendo originado, transacionado e securitizado contribuirá para este movimento de expansão.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos