Até setembro deste ano, o montante consolidado emitido de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) é de R$ 7,83 bilhões, equivalente a mais de 90,0% do total emitido em todo o ano de 2010. Em relação ao mesmo período do ano anterior, durante o qual foi emitido R$ 5,57 bilhões, há um crescimento de 40,7%.

Durante o mês de setembro de 2011 foram realizadas treze operações de CRI, para um total de R$ 494,7 milhões. Este montante representa uma queda de 27,7% em comparação ao montante emitido em setembro de 2010 e, em relação aos outros meses de 2011, só foi superior a dois deles: abril (R$ 290,7 milhões) e julho (R$ 170,8 milhões).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes