No dia 13/12/2016 a agência de classificação de risco Fitch atribuiu a nota ‘AA-’ à proposta da 82ª série da primeira emissão de CRI da securitizadora Ápice, em montante que pode chegar a R$ 50,0 milhões. O lastro da operação consiste em debêntures de emissão da empresa Urbamais Properties e Participações, representada por uma CCI. A empresa MRV Engenharia e Participações é provedora de fiança com relação às debêntures. De acordo com a Fitch, a nota demonstra a expectativa de pagamento do que foi investido com acréscimo de 100% da taxa DI + 1,15% ao ano até o final da operação, que ocorre em 2019. Os recursos provenientes da emissão de debêntures terão como finalidade operações em empreendimentos imobiliários, sendo que essas operações podem ser construção, compra, venda, manutenção e desenvolvimento.

Rankings
Mais Lidos