Entrou em análise na CVM a oferta pública das séries 300 e 301 da 1ª emissão de CRI da Brazilian Securities. A nova operação da securitizadora possui uma estrutura sênior-subordinada cujo lastro são cédulas de crédito imobiliário emitidas a partir de 183 contratos imobiliários firmados entre a Brazilian Mortgages Companhia Hipotecária e seus devedores. Os CRI sênior (300ª série) têm remuneração atrelada ao IGP-M acrescido de 5,0% a.a. enquanto os CRI subordinados (301ª série) apresentam rentabilidade indexada ao IGP-M com acréscimo de 77,5% a.a.. Serão ofertados 150 títulos sênior que somam R$ 45,2 milhões e 16 títulos subordinados que somam R$ 5,0 milhões. Além da operação acima, outras três séries (302, 303 e 304) foram apresentadas para análise na CVM pela securitizadora, contudo ainda sem informações disponíveis.
Rankings
Mais Recentes