2009 mostra alta valorização de cotas de FII

Em 2009, o conjunto de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociáveis no mercado secundário da BM&FBOVESPA tiveram forte valorização de preço. Dos dezessete fundos cujas cotas foram negociadas tanto em dezembro de 2008, como em dezembro de 2009, de tal forma que o cálculo de valorização de preço foi possível, apenas um deles sofreu desvalorização de preço no período. Dos outros dezesseis, treze tiveram valorização de preço de cota acima de 20%, oito acima de 30%, quatro acima de 40% e um acima de 50%.

Esta leitura se depreende da tabela abaixo que nos mostra o ranking de variação de preço de cota de FII nos últimos doze meses, até dezembro de 2009, para os fundos negociáveis no mercado secundário. Este é o segundo ranking desta série mensal, iniciada mês passado e que faz parte da cobertura da Uqbar da rentabilidade no setor de fundos imobiliários.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Apenas seis FII com valorização de preço de cota em dezembro

Seguimos hoje com a publicação abaixo do ranking de variação mensal de preço de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) em dezembro de 2009. Este é o segundo ranking desta série, iniciada mês passado e que faz parte de um conjunto de séries de rankings voltadas para cobrir de forma completa a análise das rentabilidades na indústria de fundos imobiliários negociados no mercado secundário. Para uma descrição dos parâmetros e critérios deste ranking, ver Curta de 11/12/2009, Uqbar inicia monitoramento de rentabilidade no setor de FII.

No mês de dezembro apenas seis FII tiveram valorização do preço de suas cotas, contra quatorze FII cujas cotas sofreram desvalorização. Esta tendência de queda de valor de cota no setor se iniciou em outubro passado, quando o mercado secundário de FII atingiu níveis bastante altos e passou a sofrer o impacto de novas ofertas públicas, as quais cresceram muito a partir de então.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mercado secundário de FII ainda sob o impacto das novas ofertas públicas

O volume negociado no mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) se estabilizou no mês de dezembro de 2009 depois de uma queda forte no mês anterior. Como explicado na Curta de 03/12/09, Mercado secundário de FII se ajusta às ofertas do primário, a partir do último trimestre do ano passado, a demanda do investidor de FII no mercado secundário passou a ser majoritariamente suprida pelo forte aumento de ofertas públicas primárias e secundárias.

É esperado que esta dinâmica continue no começo de 2010, já que, apenas em dezembro último, R$1,84 bilhão em novas ofertas de cotas de FII, futuramente negociáveis no mercado secundário na BM&FBOVESPA, foram registradas na CVM. Para se ter uma ideia, o volume de ofertas registradas na CVM em dezembro corresponde a 66,5% do total em todo o ano de 2009.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Segundo FII dedicado ao segmento de educação

No penúltimo dia do ano de 2009 a CVM concedeu registro a mais uma oferta pública de cotas de um Fundo de Investimento Imobiliário (FII), o Educacional FII. Serão até R$ 200,0 milhões em cotas, série única, de valor unitário de R$ 1.000,00 e aplicação mínima de R$ 30.000,00. Ao final do período de integralização, as cotas serão negociadas no mercado secundário de balcão organizado da BM&FBOVESPA.

Este é a segunda oferta de um FII dedicado exclusivamente em investimentos imobiliários no segmento de educação. Em novembro de 2009, o FII Anhanguera Educacional colocou R$ 38,1 milhões em cotas, arrecadando recursos para uma operação de Sale & Lease-back com um terreno na rodovia Regis Bittencourt pertencente à empresa Anhanguera Educacional.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

2009 fecha com volume alto de ofertas registradas na CVM

No último mês do ano houve um aumento substancial de ofertas públicas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) e Fundos de Investimento Imobiliário (FII) registradas pela CVM. Em linha com várias estimativas publicadas pelo mercado de aumento de crédito e de investimento em 2010, este fluxo crescente de ofertasreflete tanto o momento macroeconômico mais propício quanto o avanço setorial específico. Como exemplo destes últimos podemos citar o papel protagonista que o setor imobiliário adquiriu dentro da política econômica no país e a evolução do arcabouço jurídico-regulamentar dos FII.

Em dezembro de 2009 foram registrados na CVM, R$ 1,85 bilhão em ofertas, primárias e secundárias, de cotas de FII. São ofertas de cinco fundos sendo que a maior delas é a do FII Votorantim Securities de R$ 1,30 bilhão. Para se ter uma base comparativa com o fluxo de ofertas no resto do ano, nos primeiros onze meses de 2009, até novembro, o volume total de ofertas foi de R$ 1,03 bilhão.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Uqbar publica ranking de rendimentos dos FII

Fechando o ciclo de publicações dos primeiros rankings de rentabilidade no setor de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), a Uqbar produz hoje o ranking de rendimentos dos fundos negociados no mercado secundário. Esta nova série mensal que se inicia agora vai trazer o ranking dos FIIbaseado exclusivamente no retorno estimado das distribuições de rendimentos nos próximos doze meses.

A estimativa dos rendimentos de cada cota de FII é feita simplesmente projetando-se a distribuição dos rendimentos nos últimos doze meses (no caso, até novembro de 2009) para os próximos doze meses de forma idêntica. Assim, a metodologia usada calcula qual seria o retorno provindo exclusivamente destes rendimentos estimados para um investidor que adquirisse “hoje” a respectiva cota no mercado secundário. O preço usado de aquisição da cota é o preço médio, ponderado por montante negociado, de negociação no atual mês (novembro).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Sai o primeiro ranking de rentabilidade efetiva anual para os FII

A Uqbar publica hoje o primeiro ranking de rentabilidade efetiva nos últimos doze meses dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociados no mercado secundário. Como no caso dos outros rankings de rentabilidade no setor de FII publicados pela Uqbar neste mês, esta é uma nova série mensal que se inicia, sendo que esta primeira classificação foi determinada pela rentabilidade efetiva dos fundos no período de doze meses finalizados em novembro de 2009.

Este é o primeiro ranking que captura a rentabilidade total dos fundos para um período anual, sendo assim uma classificação que leva em conta tanto a variação de preços das cotas dos fundos como os seus rendimentos, e que não é distorcida por eventuais fatores cíclicos. A rentabilidade é calculada usando-se a metodologia da Taxa Interna de Retorno.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII Hospital da Criança lidera ranking de rentabilidade efetiva mensal em novembro

Iniciando mais uma série mensal de rankings de rentabilidade no setor de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), a Uqbar publica hoje o primeiro ranking de rentabilidade efetiva mensal dos fundos negociados no mercado secundário, aplicável ao mês de novembro de 2009.

A rentabilidade efetiva é calculada usando-se a Taxa Interna de Retorno, levando-se em conta os rendimentos distribuídos pelos fundos no respectivo mês e a variação de preço de cota dos mesmos. Por sua vez, a variação de preço de cota dos fundos é calculada usando-se os preços médios, ponderados pelos montantes negociados, da cota de cada fundo no respectivo mês e no mês anterior (neste caso, nos meses de novembro e de outubro).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Participação expressiva de pessoas físicas em ofertas públicas aumenta expectativas sobre mercado secundário de FII

Duas ofertas públicas de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) estão estabelecendo um novo patamar de participação de investidores pessoa física nas operações deste mercado. A primeira delas, encerrada oficialmente ontem, a do FII Parque Dom Pedro Shopping Center, teve 947 CPF registrados como compradores de R$ 85,3 milhões em cotas de um total de R$ 100,0 milhões oferecidos e subscritos. A segunda oferta é a do RB Capital Renda I FII. Ainda sem anúncio de encerramento publicado, a operação, que totaliza R$ 132,0 milhões, conta com expectativas de uma grande pulverização da base de investidores.

O aumento da frequência e volume de ofertas públicas e o envolvimento crescente do pequeno investidor no mercado de FII contribuem para a expansão da base de investidores no setor e, por consequência, ajudam a consolidar o mercado secundário de cotas de FII negociadas na BM&FBOVESPA.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Uqbar publica ranking de variação de preço de cota de FII nos últimos 12 meses

Dando continuidade às nossas publicações de séries mensais de ranking de rentabilidade no mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), a Uqbar inicia hoje a série do ranking de variação de preço de cota de FII nos últimos doze meses, sendo este primeiro baseado no período novembro de 2008 a novembro de 2009.

Os preços de cota usados são preços médios do mês ponderados por montante negociado. A opção pelo uso do preço médio ponderado no mês, ao invés do preço do último negócio do mês, se deve às eventuais distorções de preço geradas por negócios de montante muito baixo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings

Mais Recentes
fii