Notoriamente o mercado de Certificados de Recebíveis do Agronegócios (CRA) tem apresentado taxas altas de crescimento nos últimos anos. Tal segmento saltou de um cenário com pouco mais de 20 operações e R$ 2 bilhões emitidos em 2014, para quase 60 operações e mais de R$ 13 bilhões emitidos em 2017. No entanto, ao longo do início do ano de 2018, nota-se estacionamento na expansão deste mercado, com forte redução de volume e número de operações realizadas quando comparado a anos anteriores recentes, e ainda um baixo número de ofertas públicas registradas. Recente postergação de início de uma oferta de mais de R$ 600 milhões envolvendo debentures emitidas pela M. Dias Branco piora este quadro, resultando num provável primeiro quadrimestre do ano com menor volume emitido desde 2015.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos