Ao fim do primeiro semestre de 2020 o mercado de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) alcançou R$ 5,81 bilhões em emissões consolidadas. Trata-se da segunda maior marca histórica alcançada no mercado primário para este período de ano. Diferentemente do comportamento histórico do segmento, o investidor Pessoa Física não foi o maior comprador destes títulos. Neste ano a maior fatia dos títulos emitidos no mercado primário ficou com os próprios participantes dos consórcios de distribuição das ofertas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes