Apesar do principal impulso do forte crescimento recente nas emissões anuais de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) vir de operações de lastro único corporativo, observa-se também um avanço no volume de emissões de operações de lastro pulverizado, conforme abordado no portal TLON. Em sua maioria, as operações de lastro pulverizado têm este composto por Certificados de Direitos Creditórios do Agronegócio (CDCA) e/ou Cédulas de Produto Rural – Financeira (CPR-F). Tratam-se de títulos de crédito destinados a financiar os participantes da cadeia do agronegócio. Em 2016 os montantes anuais de emissão, estoque e negociação de CDCA se elevaram. Por outro lado, o montante em negociações de CPR-F se reduziram no mesmo período.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais Lidos