Nos primeiros quatro meses de 2014 o montante emitido em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) alcançou a marca de R$ 5,14 bilhões, um número 312,4% maior que o registrado no mesmo período de 2013 quando foram emitidos apenas R$ 1,25 bilhões em CRI. É o maior volume de emissões alcançado no primeiro quadrimestre de um ano na história desse mercado. Em termos de número de operações, foram realizadas 24 no primeiro quadrimestre de 2014, contra 34 no mesmo período de 2013. Com isso, o montante médio por operação nos primeiros quatro meses de 2014 foi da ordem de R$ 214,2 mil enquanto no mesmo período de 2013 este número havia sido de R$ 36,7 mil.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos