Com o valor consolidado de Patrimônio Líquido (PL) do universo de Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC) na marca dos R$ 39,71 bilhões ao fim do terceiro trimestre de 2014 (excluindo-se os FIDC Não-Padronizados, que somavam R$ 11,68 bilhões), contra R$ 41,14 bilhões ao fim do segundo trimestre, registra-se que a participação da categoria de ativo-lastro Crédito Pessoal no total foi a que mais se reduziu nos últimos três meses. No intervalo entre fins de junho e de setembro de 2014 o montante relativo a esta categoria de ativo-lastro se reduziu pela metade. Com efeito, houve queda da respectiva participação no total do mercado de FIDC para 5,4% em fins de setembro, tendo partido de 10,3% ao fim do segundo trimestre.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes