O mercado de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) apresentou captação líquida positiva de R$ 1,92 bilhão no primeiro trimestre de 2018. Trata-se da primeira vez em quatro anos que este montante encerra o primeiro trimestre do ano no campo positivo. Este indicador resulta da diferença entre os montantes realizados de emissões e de amortizações* de cotas no início do ano. Juntamente com a captação líquida consolidada situada no campo positivo em 2018, observou-se a elevação do Patrimônio Líquido (PL) no período, de R$ 80,65 bilhões, em dezembro de 2017, para R$ 83,61 bilhões, ao final de março, este último um recorde para esse mercado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
wfidc_fidc_artigos_lateral
Mais Lidos