No último dia 19 de outubro o Banco Central decretou intervenção do Banco BVA (BVA), um importante participante do mercado de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC). Naquela data, o banco atuava como cedente, agente de cobrança e fiel depositário da documentação dos direitos creditórios originados por ele próprio para cinco fundos, cujo patrimônio líquido (PL) consolidado era de R$ 1,02 bilhão em 28 de setembro – data do último Informe Mensal antes da intervenção do banco.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos