A S& P atribuiu a classificação de risco final ‘brAA (sf)’ às 3ª e 4ª séries de cotas sênior do FIDC Garson LP. Essa atribuição levou em conta que desde a divulgação da classificação de risco preliminar a única mudança realizada na estrutura do fundo foi a alteração do custodiante, função anteriormente designada ao “Deutsche Bank S.A.”, que foi transferida para o “Banco Petra S.A.”. Com isso, a classificação de risco final não sofreu mudança em relação à classificação preliminar. A carteira de direitos creditórios do FIDC é composta por recebíveis performados originados por diferentes cedentes em diversos segmentos, previamente analisados e selecionados pela Garson Fomento Mercantil, consultor do fundo.  A 3ª série de cotas sênior tem uma rentabilidade alvo equivalente ao IPCA acrescido de um spread de 6,5% a.a., enquanto a 4ª série tem uma meta de rentabilidade equivalente à Taxa DI acrescida de um spread de 4% a.a. 
Rankings
Mais Recentes