Na semana passada foram registrados 76 negócios com cotas de FIDC na Cetip que totalizaram R$ 146,2 milhões. A cota única do FIDC GP FCVS II apresentou o maior montante negociado (R$ 65,6 milhões). Este fundo tem como objetivo adquirir direitos creditórios detidos contra o Fundo de Compensação e Variação Salarial (FCVS), representados por contratos de financiamento habitacional no âmbito do SFH, e tem como administrador a Oliveira Trust DTVM. A cota sênior 1 do FIDC Policard II registrou o maior número de negócios (15). Administrado pela CRV DTVM, este fundo investe em recebíveis oriundos de operações de crédito aos servidores públicos, representados por contratos de cartão de crédito originados por entidades do governo. Além das cotas dos fundos acima, negócios com cotas de outros quatorze FIDC foram registrados na Cetip. Não houve registro de qualquer negócio na BM&FBOVESPA.
Rankings
Mais Recentes
fii