A S&P atribuiu as classificações de risco finais ‘brAAA (sf)’ e ‘brA- (sf)’ à 1ª série de cotas sênior e às cotas subordinadas preferenciais, respectivamente, do FIDC Angá Sabemi Consignados II. A carteira de direitos creditórios do fundo é composta por contratos de concessão de assistência financeira com consignação em folha de pagamento concedidos a servidores públicos, funcionários ligados às forças armadas e/ou em folha de benefícios de aposentados e pensionistas do INSS originados pela Sabemi. Tais contratos de concessão de assistência financeira possuem as mesmas características dos empréstimos consignados com desconto em folha de pagamento. A proteção de crédito proporcionada pela subordinação mínima disponível às cotas sênior é de 29,0% e às cotas subordinadas preferenciais é de 17,0%. As cotas sênior buscam uma rentabilidade-alvo equivalente à Taxa DI acrescida de um spread de 3,5% ao ano, enquanto que as cotas subordinadas preferenciais têm como alvo a Taxa DI Over, acrescida de um spread de 5,5% ao ano. Ambas as classes de cotas têm vencimento previsto para janeiro de 2020.
Mais Lidos