A S&P rebaixou de ‘brAA (sf)’ para ‘brA (sf)’ as classificações da 1ª e da 2ª série de cotas sênior do FIDC Global Suppliers Multissetorial. O fundo é estruturado como um condomínio fechado cujos direitos creditórios são recebíveis comerciais representados por duplicatas originadas de contratos de compra e venda e/ou prestação de serviços de operações realizadas nos segmentos industrial, comercial e de prestação de serviços. O reforço de qualidade de crédito é proporcionado pela subordinação disponível às cotas sênior, com um mínimo de 35%. O FIDC também pode se beneficiar de um spread excedente, quando houver, proporcionado pela taxa mínima de desconto aplicada na aquisição dos recebíveis elegíveis, equivalente a 180% da Taxa DI. De acordo com o critério da agência para avaliação de riscos operacionais, a Global Finanças e Serviços é um participante cujo papel pode afetar o desempenho da carteira de direitos creditórios e, por isso, a S&P avaliou como forte o impacto da ruptura desse participante no FIDC.

Rankings
Mais Lidos