O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociado no âmbito da BM&FBOVESPA, registrou nova queda em seu montante consolidado negociado em novembro. Depois de um pequeno movimento de recuperação observado entre junho e setembro últimos, o montante negociado no último mês ficou em R$ 385,0 milhões, cifra 6,7% inferior aos R$ 412,5 milhões de outubro, 9,8% inferior a marca de setembro (R$ 426,9 milhões) e 12,0% abaixo da média mensal dos últimos doze meses, de R$ 437,3 milhões. Com a queda, o montante negociado mensal mês voltou a ficar abaixo da faixa dos R$ 400,0 milhões, fato que não ocorria desde junho deste ano, registrando o terceiro menor nível para esse indicador mensal no ano de 2014.

A Figura 1 apresenta a evolução mensal do montante negociado no mercado secundário de cotas de FII durante os últimos doze meses.

Figura 1- Evolução do montante negociado mensal de cotas de FII

 

Por sua vez, a média móvel do montante diário negociado, calculado para os 22 pregões anteriores, seguiu tendência de queda observada nos últimos dez dias de outubro, para alcançar seu mínimo do mês no dia 7 de novembro, de R$ 16,9 milhões. A partir desta data reverteu-se esta tendência e o indicador alcançou seu máximo recente, de R$ 19,7 milhões, no penúltimo pregão de novembro, indicando, quando se amplia um pouco o horizonte da análise, certa estabilidade em torno da cifra dos R$ 20,0 milhões. A Figura 2 traz a evolução histórica desta média móvel ao longo dos últimos doze meses.

Figura 2 - Evolução da média móvel de 22 pregões do montante negociado diário de cotas de FII

Situação similar, mas de maior magnitude, foi também registrada para o número de negócios realizados no mês em análise.  Novembro registrou 67.767 negócios, redução de 22,0% e 27,1% com relação aos números observados em outubro e setembro, de 86.918 e 93.011 respectivamente. Se comparado à média dos doze meses anteriores, de 77.590 negócios, o decréscimo foi da ordem de 12,7%. O ocorrido no mês pode ser explicado, em parte, pelo declínio nas negociações envolvendo as cotas do FII BB Progressivo II (BBPO11). Entre outubro e novembro o número de negócios com cotas deste fundo sofreu redução de 61,0%, tendo saído dos 24.727 negócios em outubro para apenas 9.646 em novembro.

Como é possível observar na Figura 3, o número de negociações deste fundo aumentou bruscamente a partir de setembro e alcançou seu ápice no mês de outubro. Com a queda de novembro este indicador volta a ficar mais próximo da sua média mensal história desde sua primeira emissão, de 9.740 negócios. Vale destacar ainda que, com relação a ascensão no número de negócios desta cota, o administrador do fundo informou à BM&FBOVESPA que não houve qualquer fato relevante que possa ter motivado a elevação no número de negócios apresentada naqueles meses.

Figura 3 – Evolução mensal do número de negócios total e do número de negócios do BB Progressivo II

Finalmente, com relação aos três fundos com maiores montantes negociados em novembro de 2014, estes são os mesmos que vêm liderando nos últimos meses: o BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11), com R$ 69,6 milhões, o BB Progressivo II (BBPO11), com R$ 58,9 milhões e o Kinea Renda Imobiliária (KNRI11), com R$ 34,7 milhões. Estes três fundos também lideraram, por mais uma vez, segundo o critério do número mensal de negócios, mantendo inclusive a mesma ordenação recente, com o BRCR11, na primeira colocação, com 18.619 negócios, seguido pelo BBPO11, com 9.646 negócios, e em terceiro o KNRI11, com 4.423 negócios.

A Tabela 1 traz os seis FII que alcançaram maior montante negociado individual de suas respectivas cotas em novembro de 2014. Também são exibidos, juntamente com estes valores de montante negociado, os respectivos números de negócios no mês e a frequência em pregões ao longo do mês. Esse grupo de fundos concentrou 56,7% do montante consolidado do mercado negociado no mês e corresponde a 54,7% das negociações ocorridas na BM&FBOVESPA.

Tabela 1 - Os seis FII de maior montante negociado em novembro de 2014

Rankings
Mais Lidos