HSML11 desembolsa mais de R$ 300 mi em compra de shopping

Como o leitor do TLON pode verificar no resumo de atas de assembleias de cotistas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) desta semana, o FII HSI Malls (HSML11) obteve autorização de seus cotistas para iniciar a aquisição de três shopping centers, mesmo em um contexto de conflito de interesses, dado que os vendedores de tais ativos são entidades administradas pelo gestor do fundo. Ontem, dia 22 de agosto de 2019, o Santander e o Hemisfério Sul Investimentos, administrador e gestor do fundo respectivamente, comunicaram via fato relevante que o fundo concluiu a aquisição do primeiro dos três alvos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Emissão de R$ 215 mi de FII da Kinea é aprovada

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 12 e 16 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

MALL11 planeja investir quase R$ 160 mi em dois shoppings

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Malls Brasil Plural (MALL11) assinou instrumentos vinculantes para uma potencial aquisição de participações em dois shoppings. É o que informam, via fato relevante divulgado ontem, dia 15 de agosto de 2019, a Genial Investimentos (Genial) e a BRPP Gestão de Produtos Estruturados (BRPP), respectivamente administrador e gestor do fundo. Caso o negócio se conclua, a cifra envolvida seria de R$ 159,2 milhões.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cotista único detém mais de 25% das cotas em 210 fundos

Na última semana, como publicado no TLON, a CVM emitiu ofício no qual instava o administrador dos FII Grand Plaza Shopping (ABCP11) e Centro Têxtil Internacional (CTXT11) a refazer as demonstrações financeiras de 2017 e 2018. No cerne do pedido está o entendimento, pela CVM, de que a presença de um determinado cotista detentor de mais de 25% das cotas dos fundos violaria a Lei 9.779/99 e ensejaria a tributação dos referidos FII como pessoa jurídica. Embora inconcluso, o caso faz com que cotistas minoritários voltassem suas atenções para o monitoramento de riscos regulatórios e tributários executado pelos administradores dos fundos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

XPML11 passa a ter participação em todos os ativos de shopping administrados pela JHSF Malls

A JHSF Participações e a JHSF Malls comunicaram ontem, dia 14 de agosto de 2019, via fato relevante, que foi fechado mais um negócio envolvendo a venda de participação em um shopping center para o Fundo de Investimento Imobiliário (FII) XP Malls (XPML11). Agora, a JHSF Participações e o XPML11 têm participação conjunta em todos os ativos de shopping centers administrados pela JHSF Malls, sendo que o controle de todas as operações permanece com a JHSF Participações.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Nova emissão do KNIP11 é aprovada em assembleia

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 05 e 09 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Já somando R$ 10 bi, emissões de fundos listados batem recorde histórico

A Selic em sua mínima histórica e a variação positiva do IFIX atingindo a marca dos dois dígitos na comparação entre dezembro de 2018 e junho de 2019 criaram um quadro favorável para o mercado primário de FII. Por um lado, o investidor se vê impelido a abandonar os investimentos tradicionais em renda-fixa, por exemplo, e, por outro, percebe nos FII o alinhamento cultural, a segurança e possibilidades de retornos mais atrativos. O mercado, por sua vez, responde a essa demanda com um volume nunca visto de emissões, que supera R$ 10,00 bilhões decorridos apenas seis meses do ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

CVM solicita que demonstrações financeiras do ABCP11 e do CTXT11 sejam refeitas

Ontem, dia 07 de agosto de 2019, evidenciou-se no mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) uma discordância entre a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Rio Bravo Investimentos. A autarquia alega que dois FII administrados pela Rio Bravo Investimentos não estariam enquadrados à tributação aplicável aos FII, nos termos da Lei 8.668/93. Como resultado, a CVM solicita à administradora que sejam refeitas as demonstrações financeiras destes fundos para os anos de 2017 e 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

BMLC11B se acerta com locatário inadimplente

Através de fato relevante divulgado hoje, dia 07 de agosto de 2019, o BTG Pactual e a Argucia Capital, administrador e gestora, respectivamente, do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11B), comunicaram ao mercado sobre a regularização de débitos em aberto de um locatário do fundo. Com essa regularização, a próxima distribuição de rendimentos aos cotistas será impactada positivamente em 38,17%, considerando a última distribuição do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Número recorde de investidores impulsiona salto de liquidez de FII

O crescimento exponencial do número de investidores de cotas de FII registrados na B3, que em junho de 2019 atingia o número de 361.980, depois de ter crescido 5,88% em relação ao mês anterior, tem sido um dos grandes motores da elevação do nível de liquidez do mercado. Prova disso é o fato do montante negociado acumulado no ano em 2019, referente a apenas sete meses, já superar, por larga margem, a cifra referente a todo o ano de 2018, recorde em base  anual até então, e o número de negócios ocorridos apenas no mês de julho deste ano se aproximar do total de negócios anuais de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos