Ao final de setembro de 2015 os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) registravam uma rentabilidade efetiva¹ média acumulada no ano de 5,6%, pouco menos de dois pontos percentuais abaixo do nível que havia sido alcançado até o final de agosto, de 7,5%, e também abaixo da rentabilidade acumulada até julho, de 8,8%, mês em que este indicador atingiu seu ápice no ano. Contudo, quando se segmenta os fundos de acordo com a carteira investida, os FII que investem preponderantemente em ativos de Renda Fixa, tais como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI), registram rentabilidade substancialmente superior à média de mercado e na mesma direção se mostra a rentabilidade dos fundos que adquirem cotas de outros FII, denominados pela sua categoria de ativo-lastro, Renda Variável, como indica a Figura 1.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos