Em função principalmente do desempenho de sua cota no mercado secundário na BM&FBOVESPA, o Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Hotel Maxinvest (HTMX11B) iniciou o ano de 2012 na frente em termos de rentabilidade efetiva. Este fundo alcançou um valor para este indicador de 11,4% em janeiro, superior à variação do IBOVESPA no mês, que foi de 11,1%. O setor de FII, representado pelo conjunto de fundos negociados no mercado secundário, atingiu no primeiro mês do ano uma rentabilidade efetiva média linear de suas cotas de 2,2%, abaixo do mercado de ações brasileiro, mas superior à taxa DI calculada pela CETIP, que foi de 0,85% no mesmo período. A rentabilidade efetiva é calculada utilizando-se a Taxa Interna de Retorno (TIR) do fluxo de caixa que leva em conta as amortizações e os rendimentos distribuídos pelos fundos e os preços médios mensais de suas cotas ponderados por montante negociado.

O cálculo da média linear acima considerou 54 fundos dentre os 55 que tiveram suas cotas negociadas em janeiro. Desta análise foi excluído o FII REP 1 CCS (RCCS11) pois este fundo apresentou uma alta rentabilidade efetiva (58,7%) no último mês mas baseada um volume irrisório de negócios (R$ 2.678,75). Como base de comparação, o FII RB Capital Prime Realty II (RBPD11), que foi o segundo pior em termos de volume, apresentou o montante negociado de R$ 23.620,00, equivalente a 8,8 vezes o montante do RCCS11. Caso o RCCS11 fosse incluído no cálculo, a rentabilidade efetiva média linear em janeiro seria impactada para cima, alcançando 3,3%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes
fii