A Credit Suisse Hedging-Griffo CV (CSHG), administradora do FII CSHG Brasil Shopping (HGBS11), publicou Fato Relevante para informar aos cotistas e ao mercado em geral que, em 15 de setembro, recebeu o Ofício nº 1362/2017/CVM/SIN/GIE, expedido pela Superintendência de Relações com Investidores Institucionais da CVM, determinando a retificação do edital de convocação divulgado em 11/09/2017, para que passe a incluir deliberação sobre a redução da taxa de administração do fundo. No documento, a CSHG reafirma sua convicção de que observou todos os preceitos legais e regulamentares e atua no melhor interesse do fundo e dos cotistas ao propor que a realização da assembleia para deliberar a redução da taxa de administração seja precedida de outra, para a eleição de representantes de cotistas, visando a que a repactuação da taxa de administração do HGBS11 seja discutida de maneira democrática, informada e transparente, e sem conflitos de interesses. Por esses motivos, a administradora informa que recorrerá ao Colegiado da decisão objeto do Ofício, nos termos da Deliberação CVM nº 463/03. O motivo da assembleia remete ao fato de, em 10 de agosto, André Freitas, ex-diretor da CSHG, e a gestora da qual é sócio, a Hedge Alternative Investments Ltda, como investidores diretos ou indiretos de mais de 5% das cotas do HGBS11, terem requerido a convocação de assembleia de cotistas do fundo para votar sobre a redução do percentual de sua taxa de administração, de 1,5% para 0,6%. 

Mais Lidos