A S&P atribuiu classificação preliminar ‘brA (sf)’ à 1ª série da 7ª emissão de CRA da Gaia Agro, no montante de até R$ 81,0 milhões. O CRA terá como lastro CDCA  emitido pela Jalles Machado, que  contará com a cessão fiduciária de recebíveis decorrentes de contrato de fornecimento de etanol, o penhor dos estoques de etanol, o penhor agrícola de safras futuras de cana de açúcar e com qualquer montante depositado na conta vinculada. Contudo, a cessão fiduciária e os penhores não implicaram em alteração na classificação atribuída aos CRA, a qual é diretamente ligada à classificação corporativa da Jalles Machado. A classificação atribuída também refletiu os fatores de risco de crédito, risco operacional, risco de contraparte (do Banco Bradesco como provedor da conta bancária e da Jalles Machado como devedora do CDCA), risco legal e estabilidade da classificação.

Rankings
Mais Lidos