Ao final do mês de junho o mercado primário de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) apresentava um acumulado emitido no ano de R$ 7,69 bilhões, referentes a 44 operações realizadas. Esse montante é o maior da história deste mercado para o primeiro semestre, superando em 24,2% os R$ 6,20 bilhões emitidos no mesmo período de 2011 - o recorde até então. Comparando os valores de 2014 até aqui com os do primeiro semestre do ano passado, pode-se perceber um aumento de 249,9% no volume de emissões, tendo em vista que ano passado apenas R$ 2,20 bilhões foram emitidos neste mesmo período.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes