Empresa de shopping solicita alteração em pagamentos de lastro de CRI

No atual contexto da economia, a necessidade de alteração dos termos originais acordados em diversas operações do mercado de finanças estruturadas já se tornou algo mais corriqueiro, e até mesmo esperado. Seguindo tal padrão, nesta semana se fez pública a informação da ocorrência de uma assembleia de investidores convocada para deliberar a respeito do cronograma de pagamento de um CRI emitido pela True.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Investidores de CRI optam por não aprovar recompra compulsória

Ocorreu na última segunda-feira uma assembleia de investidores de um CRI da Habitasec cuja pauta de deliberações continha uma medida importante para a continuidade da vigência da operação. O que estava em jogo era a recompra, por parte da cedente, dos direitos creditórios que lastreiam o CRI.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

[ATUALIZAÇÃO] Avaliação de CRI vinculado a resort é afetada por histórico, que inclui default em outro CRI

Atualização: Após a publicação deste artigo a Austin, emissora da opinião de crédito aqui relatada, entrou em contato conosco para informar que o texto original do comunicado no site da agência continha imprecisões, especialmente em relação ao uso do termo default. Tão logo a agência retifique o comunicado, republicaremos este artigo para melhor refletir os fatos.

CRI da ISEC tem objetivo de financiar obras de edifício residencial no RS

Apesar do cenário de grandes adversidades econômicas em que o país se encontra, o mercado de capitais não parou. Neste sentido, novas operações continuam vindo à tona, mesmo que em número menor do que no contexto de outrora. Um exemplo disso pode ser visualizado em uma recente ação da Austin, que na última quarta-feira concedeu classificação de risco a um CRI de emissão da ISEC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Devedora de CRI pede que cronograma de pagamento seja alterado

A pandemia de COVID-19 que vem assolando a sociedade nos últimos meses continua trazendo consequências negativas para o mercado de capitais, e para a economia como um todo. Nesta semana tornou-se público mais um cenário problemático em uma operação do mercado de CRI.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Peugeot solicita alteração no cronograma de pagamentos em CRI

Nesta semana, o mercado revelou mais casos de CRI cujo planejamento original de pagamento para a operação tende a não ser cumprido, em decorrência das adversidades socioeconômicas trazidas pela pandemia de COVID-19. Desta vez, a securitizadora emissora dos papéis é a Infrasec, que via fato relevante comunicou que a devedora de sua primeira e segunda emissão de CRI alegava problemas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Prazos regulamentares prorrogados pela CVM

Diante da pandemia de Covid-19, a CVM emitiu deliberação na qual altera determinados prazos regulamentares. Além de suspender prazo relacionado à ICVM 476, e adiar a entrada em vigor da ICVM 617, a autarquia também alterou prazos aplicáveis especificamente aos mercados de CRI, CRA, FII e FIDC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Operações de CRI são afetadas por Covid-19

Nos últimos dias, um dos principais temas de debate na sociedade foi o potencial impacto negativo na economia que a pandemia do Covid-19 pode causar, além dos que já são perceptíveis atualmente. No mercado de finanças estruturadas esses impactos já começaram a ser sentidos, como exemplificado em artigo publicado na última quarta-feira no TLON, que abordou a reavaliação da perspectiva de risco de crédito dos FIDC Multicedente Multissacado avaliados pela agência de classificação de risco Liberum. Agora, já é possível notar desdobramentos também no mercado de CRI.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

CVM orienta a respeito de provisionamento de direitos creditórios em FIDC

À luz dos recentes acontecimentos decorrentes da pandemia do Covid-19, a CVM divulgou um conjunto de orientações a respeito da condução e do funcionamento de fundos de investimento nesse período conturbado. Em relação aos FIDC, a autarquia orienta administradores e gestores desses fundos quanto ao provisionamento de direitos creditórios.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Recompra facultativa pelo FII Harmonia em CRI da Gaia é aprovada

Veja abaixo o resumo de decisões tomadas no âmbito de assembleias de CRI divulgadas na CVM entre 09 e 13 de março de 2020.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes