Ao fim de abril o setor de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) registrava seu maior nível histórico em termos de número de fundos em operação. Tal marca foi atingida após um início de ano com dezenas de novos fundos entrando em operação. Este ritmo de expansão no setor tem sido alimentado, em grande parte, pelo segmento NP, correspondente aos FIDC Não Padronizados (FIDC NP). Nos últimos doze meses, particularmente, este grupo de fundos conquistou espaço ainda maior nos números gerais do mercado de FIDC. Tal movimento se fundamenta na estruturação de operações de FIDC associadas à securitização de ativos “problemáticos”, refletindo o contexto macroeconômico recente do país. Parte preponderante dos FIDC NP estruturados no último ano se refere a direitos creditórios resultantes de créditos inadimplidos e de créditos originados ou derivados de empresas em recuperação judicial.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Lidos