O mercado de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), pela primeira vez em sua história, encerrou um ano com patrimônio líquido (PL) superior à marca de R$ 100,00 bilhões. Mais precisamente, a cifra alcançada foi de R$ 102,52 bilhões, o que simboliza um crescimento de 26,3% em relação a 2017, quando o PL do mercado encerrou o ano em R$ 81,20 bilhões. A expressiva captação líquida da indústria em 2018, da ordem de R$ 11,85 bilhões, praticamente o dobro dos R$ 6,47 bilhões de 2017, é um dos fatores que contribuíram para que o recorde fosse alcançado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos