A S&P elevou a classificação de risco atribuída às cotas subordinadas mezanino do FIDC Invest Dunas de ‘brBB (sf)’ para ‘brBBB+ (sf)’. Ao mesmo tempo a agência atribuiu a classificação de risco ‘brAAA (sf)’ às cotas sênior do fundo. A carteira de direitos creditórios do fundo é composta por recebíveis performados, originados por diferentes cedentes nos segmentos comercial, industrial e financeiro, representados por duplicatas e cheques, previamente analisados e selecionados pela consultora do fundo Dunas Soluções Financeiras. Desde a atribuição da classificação de risco preliminar foram feitas algumas mudanças na estrutura do fundo, a principal sendo a adição de uma segunda consultora especializada, a Brazil Plus, que atua de forma complementar aos processos de aprovação dos clientes e cobrança. Na opinião da agência, a inclusão desse novo participante na estrutura melhora, potencialmente, a eficiência dos processos de seleção e gestão dos créditos. As cotas sênior e as cotas mezanino têm uma rentabilidade alvo equivalente a 125% e 150% da Taxa DI respectivamente.
Rankings
Mais Recentes