A S&P atribuiu, no dia 10/07/2017, a nota preliminar ‘AA-’ à primeira série de cotas sênior e às cotas subordinadas preferenciais do FIDC Angá Sabemi Consignados VIII, em montantes de R$ 300,0 milhões e R$ 25,3 milhões, respectivamente. Segundo o documento, a carteira de direitos creditórios do fundo será composta por contratos de concessão de assistência financeira com consignação em folha de pagamento concedidos a servidores públicos da esfera federal, originados pela Sabemi, que desfrutam das mesmas características dos empréstimos consignados com desconto em folha de pagamento. As duas classes de cotas classificadas contam com reforço de crédito proporcionado pela subordinação, no limite mínimo de 17,0% no caso das cotas sênior e de 10,0% no caso das subordinadas preferenciais. A rentabilidade esperada para as cotas sênior equivale à variação do IPCA acrescida de um spread de 8,0% ao ano. Já no caso das subordinadas preferenciais, a rentabilidade buscada corresponde à Taxa DI mais spread de 5,0% ao ano.

Mais Lidos