Os negócios no mercado secundário de fundos de investimento em direitos creditórios (FIDC) voltaram a crescer um pouco em novembro depois de um mês de baixo volume em outubro. O montante consolidado de negócios de cotas de FIDC, registrados na Cetip ou transacionados na BM&FBOVESPA, foi de R$ 136,8 milhões (30 negociações), representando um crescimento de 22,0% sobre o mês anterior ( R$112,1 milhões em cima de 22 negociações), mas ainda 61,4% abaixo do nível de setembro (R$354,7 milhões em cima de 40 negociações), o mês de maior volume no ano de 2009.

Do montante negociado em novembro, R$ 6,2 milhões se referem a negociações em um intervalo de até 180 dias após a data de emissão da respectiva cota, de tal forma que os R$ 130,6 milhões restantes podem ser caracterizados como negócios do mercado secundário. A cota sênior do FIDC CESP IV foi o título de maior montante negociado no mês de novembro, com um volume de R$ 40,0 milhões. Este é o quarto mês consecutivo que a cota sênior do CESP IV aparece entre os três títulos mais negociados.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes
fii