A Moody's rebaixou de Baa3.br para B1.br a classificação de risco da 15ª série (única) da 1ª emissão de certificados de recebíveis imobiliários (CRI) emitidos pela PDG Companhia Securitizadora no montante de R$ 250,6 milhões. Os títulos são lastreados por uma cédula de crédito imobiliário representativa de uma cédula de crédito bancário (CCB) emitida pela PDG Realty S.A. Empreendimentos e Participações. A modificação da nota se deu após o rebaixamento da CCB que lastreia a operação. Segundo a agência, este rebaixamento reflete o aumento do risco de liquidez da empresa em decorrência do grande volume de dívidas corporativas vencendo nos próximos seis a oito meses e das condições de refinanciamento desafiadoras em 2015 em função dos fundamentos mais fracos para a indústria de incorporação imobiliária no Brasil. Os CRI possuem prazo de 5 anos a partir da emissão, realizada em dezembro de 2011, e remuneração alvo equivalente a 110% do CDI, acumulada diariamente.

Rankings
Mais Recentes