Recentemente um FIDC, constituído sob a forma de fundo Não-Padronizado (FIDC NP), comprou uma carteira de créditos inadimplidos com valor de face de aproximadamente R$ 3,00 bilhões. Embora esta não seja a primeira operação do tipo, a presença de um banco estatal na ponta devedora dos créditos pode marcar o ponto de inflexão desse segmento de fundos. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
Mais Recentes