CVM solicita que demonstrações financeiras do ABCP11 e do CTXT11 sejam refeitas

Ontem, dia 07 de agosto de 2019, evidenciou-se no mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) uma discordância entre a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Rio Bravo Investimentos. A autarquia alega que dois FII administrados pela Rio Bravo Investimentos não estariam enquadrados à tributação aplicável aos FII, nos termos da Lei 8.668/93. Como resultado, a CVM solicita à administradora que sejam refeitas as demonstrações financeiras destes fundos para os anos de 2017 e 2018.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

BMLC11B se acerta com locatário inadimplente

Através de fato relevante divulgado hoje, dia 07 de agosto de 2019, o BTG Pactual e a Argucia Capital, administrador e gestora, respectivamente, do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) BM Brascan Lajes Corporativas (BMLC11B), comunicaram ao mercado sobre a regularização de débitos em aberto de um locatário do fundo. Com essa regularização, a próxima distribuição de rendimentos aos cotistas será impactada positivamente em 38,17%, considerando a última distribuição do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Número recorde de investidores impulsiona salto de liquidez de FII

O crescimento exponencial do número de investidores de cotas de FII registrados na B3, que em junho de 2019 atingia o número de 361.980, depois de ter crescido 5,88% em relação ao mês anterior, tem sido um dos grandes motores da elevação do nível de liquidez do mercado. Prova disso é o fato do montante negociado acumulado no ano em 2019, referente a apenas sete meses, já superar, por larga margem, a cifra referente a todo o ano de 2018, recorde em base  anual até então, e o número de negócios ocorridos apenas no mês de julho deste ano se aproximar do total de negócios anuais de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

FII do CSHG tem emissão superior a R$ 700 mi aprovada

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 29 de julho e 02 de agosto de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII de imóveis retomados soma 395 ativos em carteira

No rastro da crise econômica que consternou o país, muitas garantias a financiamentos foram excutidas pelos credores, especialmente no setor imobiliário. A magnitude desse estoque de ativos retomados e o principiar de uma retomada econômica forneceram os incentivos adequados para que os credores buscassem formas mais eficientes de se desfazer desses imóveis e, assim, recuperar o valor desembolsado. Uma dessas formas é através de Fundos de Investimento Imobiliário (FII).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Ativos trocam de mãos entre FII de Shopping

Efervescente, o segmento dos FII de Shopping Centers registrou, nos últimos dias, a entrada de um participante de peso e, ao mesmo tempo, a trocas de ativos entre dois FII, em transações que, somadas, encostam nos R$ 800,0 milhões. Enquanto há não muito tempo o mercado de fundos imobiliários contava apenas um fundo de carteira de ativos diversificada com cotas negociadas em bolsa, agora esse número poderá passar para sete fundos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Em operação que ultrapassa os R$ 400 mi, HGLG11 adquire dois imóveis

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) CSHG Logística (HGLG11) concluiu a aquisição das ações das empresas BRE Ponte I Empreendimentos e Participações e BRE Ponte V Empreendimentos e Participações, detentoras de determinados ativos imobiliários visados pelo fundo. A informação foi comunicada ao mercado ontem, dia 29 de julho de 2019, via fato relevante produzido pela CSHG, administradora do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Cotistas de FII ratificam emissão de R$ 400 milhões

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 22 e 26 de julho de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII rendem 11% em 2019; Escritórios se destacam

Em média, a rentabilidade efetiva dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociados no âmbito da B3 atingiu 11,6% no primeiro semestre de 2019. Dentre as subcategorias dos FII de Imóveis, se destaca a de FII que investem em Escritórios, que reúne o maior número de fundos do mercado. Por outro lado, a categoria de fundos que investem em CRI registrou a menor rentabilidade, embora a média desse segmento esteja prejudicada pelo desempenho de apenas dois fundos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas do TRNT11 podem ter impacto positivo de 18% nos rendimentos

O BTG Pactual informou hoje, dia 23 de julho de 2019, que o Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Torre Norte (TRNT11), no qual exerce a função de administrador, assinou um novo contrato de locação envolvendo a torre norte do Centro Empresarial das Nações Unidas – CENU, localizado na cidade de São Paulo. Ao todo, o acordo envolve 14 conjuntos situados nos 27º, 28º, 29º, 30º, 31º, 32º e 34º andares do imóvel, perfazendo uma área locável de 12.552,62 m2.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Recentes