Aprovada a troca de administrador no FII Cedro Properties

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 11 e 15 de novembro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Alcançando R$ 20 bi em 2019, ofertas de FII seguem quebrando recordes

O mercado de FII vem quebrando recordes variados de expansão ao longo deste ano, e em termos de ofertas públicas de cotas não tem sido diferente. Tanto o número de ofertas, quanto o montante ofertado em cotas destes fundos, segundo os ritos da Instrução nº 400 (ICVM 400), já atingiram em seus maiores níveis em base anual na história. Por sua vez, o número de investidores de cotas de FII mais que quadruplicou nos últimos dois anos, em movimento paralelo à expansão dos mercados primário e secundário destes títulos, como atesta o aumento nas negociações de cotas no mercado. Pela perspectiva setorial, as ofertas de FII de Renda Fixa, aqueles que investem preponderantemente em CRI e LCI, vêm dominando o mercado este ano, com quase 40% do total ofertado sendo deste tipo de fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FLMA11 se valoriza 27% em outubro, mas média do mercado fica em 1,1%

O FII Square Faria Lima (FLMA11) se destaca no cômputo das variações de preços de cotas dos 131 Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociados na B3 em setembro e outubro de 2019¹. Enquanto a média do mercado se fixou em variação de preço de 1,1% no período, as cotas do FLMA11 registraram alta de preço de 27,1%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas rejeitam venda do Edifício Faria Lima 4.440

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 04 e 08 de novembro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotas de FII já trocaram de mãos 10 milhões de vezes em 2019

No mês de outubro os negócios envolvendo cotas de FII movimentaram R$ 3,68 bilhões, consagrando um novo recorde mensal. A cifra é superior ao que foi negociado em todo o ano de 2012. Em termos de número de negócios, dois recordes: não só o mês de outubro, ao registrar 1.686.067 negócios, fixou um novo recorde mensal, como o último dia de negociação do mês também assinalou o maior número de negócios já computados em um mesmo dia (100.198).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Oferta do primeiro FII dedicado ao agronegócio obtém registro

Na última segunda-feira, 04 de novembro, obteve registro na CVM a primeira oferta pública de distribuição de cotas do FII Quasar Agro (QAGR11). A oferta perfaz o montante inicial de aproximadamente R$ 420,0 milhões em cotas. Trata-se do primeiro FII listado dedicado prioritariamente ao investimento em imóveis utilizados no segmento do agronegócio. Com esta nova oferta o mercado de fundos imobiliários chega a 51 ofertas no ano, totalizando quase R$ 17,0 bilhões, maior nível em base anual para este setor.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

FII tem emissão de quase R$ 1,5 bi aprovada

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 28 de outubro a 01 de novembro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

2019, um ano excepcional: já são R$ 22 bi em emissões de FII

Com o IFIX renovando sua máxima histórica dia após dia, o mercado encontrou o momento propício para a realização de emissões de cotas de FII, seja sob a forma de ofertas públicas iniciais ou de ofertas subsequentes. Em paralelo, as condições macroeconômicas atuais promovem um influxo de novos investidores ao mercado de FII. Com isso, o montante emitido pelos FII com cotas listadas para negociação em 2019 já atinge o dobro do que foi registrado o ano passado, o recorde anterior.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Alterada a taxa de administração do FII NE Logistic

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 21 a 25 de outubro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Sistema da CVM deixa de exigir registro de regulamento em cartório

Um dos efeitos mais imediatos da Lei de Liberdade Econômica (LLE), Lei n° 13.874/19, no que diz respeito ao universo de fundos de investimento, é a suficiência do registro dos regulamentos dos fundos na CVM para garantir “a sua publicidade e a oponibilidade de efeitos em relação a terceiros”. Com isso, não é mais necessário que os regulamentos de FIDC ou FII, por exemplo, sejam registrados em cartório de registro de títulos e documentos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos