Rentabilidade dos FII de Imóveis supera média do mercado em 2017

Com 2017 quase completo, algumas categorias de ativo de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) já se destacam pela significativa rentabilidade efetiva¹ acumulada auferida no ano. A rentabilidade efetiva média dos FII que investem em imóveis atingiu 26,0% em 2017 até novembro, seguida de perto pela rentabilidade da categoria de fundos que investem em cotas de outros FII, denominada Renda Variável, com 22,2%. Por outro lado, fundos cuja carteira se centra em CRI e LCI, compondo a categoria Renda Fixa, apresentaram rentabilidade efetiva média de 4,1%, que, embora positiva, se situa bem abaixo da média geral do mercado, de 22,3%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII celebram contrato de locação, alteram gestores e aprovam emissões de cotas

Veja abaixo o resumo destas e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 04 e 08 de dezembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Após queda, FII de shopping registra a maior valorização em novembro

Entre outubro e novembro de 2017, o preço da cota do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Grand Plaza Shopping (ABCP11) despontou como aquela de maior valorização dentre os fundos considerados: 25,5%. A significativa alta ocorre depois do FII que investe em um shopping center localizado em Santo André-SP ter registrado a maior desvalorização mensal entre setembro e outubro. Embora a cota deste fundo tenha se destacado, a média do mercado encerra uma sequência de quatro meses consecutivos de registro de valorização mensal média das cotas. A variação média do preço das 87 cotas negociadas no mercado secundário da B3 que atenderam o critério de liquidez¹ foi negativa em apenas 0,1%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mesmo com retração, montante negociado de FII em novembro supera R$ 600 mi

No último novembro, a liquidez consolidada do mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociadas no âmbito da B3, apresentou redução, tanto em relação ao montante negociado quanto em número de negócios. Após quatro meses seguidos com crescimento em termos de montante negociado, o indicador recuou em novembro e fechou o mês na ainda expressiva marca de R$ 645,1 milhões. Já quando medida pelo critério do número de negócios, a liquidez apresentou queda pelo quinto mês seguido e fechou novembro com 138.971 negócios realizados.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas de FII aprovam aumento de montante ofertado para R$ 200 milhões

Veja abaixo o resumo destas e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 27 de novembro e 1 de dezembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas de FII aprovam chamada de capital de R$ 10 milhões

Veja abaixo o resumo destas e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 20 e 24 de novembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII de agências bancárias se destacam entre os negociados com maior ágio

O Fundo de Investimento Imobiliário Edifício Ourinvest (EDFO11B), detentor de determinados andares de imóvel de mesmo nome, é o fundo que em outubro de 2017 acusa maior valor do indicador que é razão entre a Capitalização de Mercado (CM) e Patrimônio Líquido (PL). Nesse sentido, o valor de mercado das cotas do EDFO11B supera seu valor contábil em 178,8%. Em termos consolidados, os preços das 93 cotas de FII negociadas no mercado secundário da B3¹ implicaram em uma CM² de R$ 31,01 bilhões, o que, ao se comparar com o PL total de R$ 29,12 bilhões, se traduz em indicador consolidado CM/PL de 106,5%, assinalando que, em geral, as cotas nesse mercado foram negociadas com ágio em outubro.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII deliberam sobre alocação e contratação de assessor legal

Veja abaixo o resumo destas e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 13 e 17 de novembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rentabilidade dos FII em 2017 atinge 22%

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) REAG Renda Imobiliária foi o fundo de maior rentabilidade efetiva média mensal em outubro de 2017. A sua reformulação, em conjunto com a aprovação da emissão de R$ 500,0 milhões em novas cotas, atuam como pano de fundo deste cenário de melhor desempenho recente do fundo, cuja rentabilidade alcançou 11,2% no período. Do total de 93 fundos considerados na análise¹, o Grand Plaza Shopping (ABCP11) registra a rentabilidade mais negativa, -31,1%. Apesar da amplitude da variação entres as rentabilidades destes dois fundos, com intensidade maior na ponta negativa, a rentabilidade média do mercado para o mês de outubro se fixou em 2,0% positivos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Em disputa ruidosa cotistas decidem pelo tamanho da redução de taxa de administração de FII

Veja abaixo o resumo destas e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 6 e 10 de novembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Páginas de Participantes
Mais Lidos